Vitória: Ônibus municipais deixarão de receber pagamento em dinheiro a partir de agosto

Vitória: Ônibus municipais deixarão de receber pagamento em dinheiro a partir de agosto

28 de julho de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

VITÓRIA – Os moradores de Vitória que utilizam o transporte municipal, terão que realizar o pagamento da tarifa de ônibus apenas com o Cartão GV. A Prefeitura de Vitória, informou que a partir do próximo sábado (1º) de agosto, os coletivos que operam linhas municipais, não estarão mais aceitando o pagamento da tarifa em dinheiro.

Segundo o governo municipal, a nova medida possui um caráter temporário e seguirá sendo adotado enquanto durar a pandemia da Covid-19, como forma de conter a proliferação do novo coronavírus, já que o papel moeda é considerado um vetor para a transmissão da doença.

De acordo com Ana Elisa Nahas, secretária de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana da capital, todos os passageiros que necessitam do transporte coletivo devem possuir o Cartão GV.

Essa é uma medida que a população já conhece, pois ela já foi tomada pelo sistema de transporte coletivo metropolitano. Agora, estamos complementando essa medida no sistema municipal”, disse a secretária, referindo-se aos ônibus do sistema Transcol, que desde maio deste ano não aceitam mais o dinheiro como forma de pagamento.

Em nota, a Prefeitura de Vitória informou que as empresas que operam o sistema municipal de transporte estão autorizadas a suspender os contratos de trabalho dos cobradores dos ônibus por 120 dias, assim como foi feito com os funcionários do Transcol.

Durante o período, os funcionários serão incluídos no Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda, a partir do qual o Governo Federal paga parte dos seus salários. Ao retornarem para o trabalho, os cobradores não poderão ser demitidos por um período de oito meses.

Para descobrir os pontos de venda mais próximos, os passageiros devem acessar o site.

O cartão é gratuito, no entanto, ao colocar a primeira carga, o passageiro deve comprar o valor mínimo de R$ 10. A partir da segunda recarga, o valor é livre.

Com informações da Prefeitura de Vitória e Rede Gazeta