SC: Agir solicita que Prefeitura de Blumenau pague R$ 6 milhões por mês à Blumob durante a pandemia

SC: Agir solicita que Prefeitura de Blumenau pague R$ 6 milhões por mês à Blumob durante a pandemia

28 de julho de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

BLUMENAU – Em meio a paralisação dos ônibus municipais de Blumenau, devido a pandemia da Covid-19, a Agência Intermunicipal de Regulação – Agir, divulgou um parecer nesta manhã de segunda-feira (27), pedindo que a Prefeitura de Blumenau repasse por mês à Blumod, concessionária que opera o transporte de passageiros na cidade, uma quantia de mais de R$ 6 milhões por mês, como forma de ressarcimento os dias parados na pandemia.

No último dia 20 de abril, o governo municipal fez o pedido junto a Agir, que ficou de analisar a solicitação, que na época seria para a transferência de um aporte de R$ 5.983,420,71, devido a paralisação na época. Passar os tempos e com a paralisação de outras vezes, houve atualização dos valores, e a partir de agora, a orientação da agência é que o repasse seja de R$ 6.085.66,00.

“O valor que nós apontamos foi resultado de cálculos com base no contrato. Por isso, a decisão é que prefeitura precisa realizar esse ressarcimento. Mas o valor ainda pode ser questionado pelo município, eles podem analisar ainda”, afirmou o diretor Geral da Agir, Henrich Luiz Pasold.

A orientação da Agência Intermunicipal de Regulação – Agir, junto ao governo municipal, é para se evitar um colapso no transporte de Blumenau, já que neste período, a empresa de ônibus, segue perdendo receita com a redução de passageiros e com a interrupção do serviço.

“Evitar a quebra do Concessionário, é antes de mais nada, evitar o colapso do sistema do já combalido sistema de transporte público e a sua queda de usuários, por razões que aqui não cabem ser discutidas, e assim, cumprir a obrigação constitucional que é a de prover a cidade dos meios de transportes públicos”, disse Pasold.

A Prefeitura de Blumenau, ainda não se manifestou sobre o assunto até a publicação desta reportagem.