SC: Paralisação de rodoviários da Biguaçu Transportes continua sem previsão de retorno

SC: Paralisação de rodoviários da Biguaçu Transportes continua sem previsão de retorno

10 de julho de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

FLORIANÓPOLIS – A Paralisação dos funcionários da empresa de ônibus Biguaçu Transportes, chega ao seu quatro dia e a crise no transporte de Florianópolis e Região Metropolitana, parece não ter fim. Nesta sexta-feira (10), nenhum ônibus da empresa circulou.

A paralisação dos rodoviários, segue afetando diretamente o serviço de ônibus nas linhas que atendem Governador Celso Ramos, Biguaçu e partes de São José, como a região da Serraria, Bairro Ipiranga, Loteamento Dona Adélia, Bela Vista e Barreiros.

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano, informou que a paralisação ocorre por conta da demissão de mais de 160 funcionários, que foram dispensados na noite desta segunda-feira (6), como mostramos aqui.

O diretor do Sintraturb, Deonísio Linder, informou ainda o outro motivo, é o atraso salarial. “Já fizemos três aditivos para o pessoal ficar com benefício emergencial do governo federal, as empresas teriam que pagar um percentual e não pagaram. Estamos desde março sem receber e não havíamos feito nenhuma paralisação”, afirma.

O sindicato informa que não há previsão para o um da paralisação da categoria nas garagens da empresa, sendo uma no município de Biguaçu e outra ao lado do estádio Orlando Scarpelli, no Estreito, na Capital.

Empresa informa sobre a paralisação dos ônibus nesta sexta-feira (10)

Em uma rede social, a empresa de ônibus Biguaçu Transportes Coletivos, informa que a operação segue suspensa nesta sexta-feira, como pormos ver abaixo.

A direção da empresa publicou uma nota pública direcionada aos funcionários, pedindo que voltem ao trabalho e que a empresa segue empenhada na busca de uma solução para o retorno das atividades.

Com informações da Agência Catarinense, ND+, Band News FM e Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis – Sintraturb