SC: Rodoviários da Biguaçu Transportes seguem com paralisação nesta quarta-feira

SC: Rodoviários da Biguaçu Transportes seguem com paralisação nesta quarta-feira

8 de julho de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

FLORIANÓPOLIS E BIGUAÇU – Os rodoviários da empresa Biguaçu Transportes Coletivos, com sede em Florianópolis e responsável também pelo transporte de passageiros na Região Metropolitana, seguem com a paralisação ao longo desta quarta-feira (8), como informou o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Urbano. De acordo com a entidade, o protesto, ocorre por conta da demissão de mais de 160 funcionários, ocorrida na noite desta segunda-feira (6).

De acordo com a empresa de ônibus, nos últimos dias houve tentativa para solucionar o projeto, junto ao sindicato dos rodoviários, porém sem sucesso. “Lamentamos a situação e orientamos os usuários a se manterem atentos em nosso site”, escreveu a empresa em uma nota.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis – Sintraturb, informou que uma das principais reivindicações dos rodoviários é que seja feita a reintegração dos funcionários que foram demitidos nos últimos dias.

O diretor do Sintraturb, Deonísio Linder, informou ainda o outro motivo, é o atraso salarial. “Já fizemos três aditivos para o pessoal ficar com benefício emergencial do governo federal, as empresas teriam que pagar um percentual e não pagaram. Estamos desde março sem receber e não havíamos feito nenhuma paralisação”, afirma.

O sindicato informa que não há previsão para o um da paralisação da categoria nas garagens da empresa, sendo uma no município de Biguaçu e outra ao lado do estádio Orlando Scarpelli, no Estreito, na Capital.

A paralisação dos rodoviários, segue afetando diretamente o serviço de ônibus nas linhas que atendem Governador Celso Ramos, Biguaçu e partes de São José, como a região da Serraria, Bairro Ipiranga, Loteamento Dona Adélia, Bela Vista e Barreiros.

Setor atravessa séria crise financeira

Em um comunicado aos funcionários divulgados na última segunda-feira (6), a direção da Biguaçu Transportes, informava que a crise financeira que enfrente por conta da pandemia do novo coronavírus, seria o motivo das demissões.

No comunicado, a empresa confirmou o atraso salarial dos colaboradores. “Nos 68 anos de história da empresa, essa foi a primeira vez que atrasamos os salários de nossos colaboradores”.

Com informações da Agência Catarinense, ND+, Band News FM e Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis – Sintraturb