Prefeito de Belo Horizonte ameça fechar a cidade e suspende flexibilização devido a Covid-19

Prefeito de Belo Horizonte ameça fechar a cidade e suspende flexibilização devido a Covid-19

24 de junho de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – A situação de saúde no município de Belo Horizonte segue preocupante. De acordo com o prefeito Alexandre Kalil – PSD, a “situação do município em relação ao novo coronavírus não é boa”. Na última sexta-feira (19), Kalil, disse em entrevista coletiva que “se a população de Belo Horizonte continuar avacalhando, vou fechar a cidade”, decretando lockdown.

Ainda segundo Kalil, dependendo dos números que serão divulgados ainda hoje, irá decidir de decreta o lockdown, ou não, na capital dos mineiros.

“Estou esperando resultado de hoje, mais tarde, mas se amanhã eu precisar convocar a imprensa e fechar cidade, não tenho o menor constrangimento em fazer isso. A situação de Minas Gerais se tornou gravíssima, despreparada e apavorante, como eu disse em março”, disse em entrevista na Rádio Bandeirantes.

O prefeito, porém, não deu detalhes de como seria o possível fechamento da cidade. Atualmente, Belo Horizonte, segue com a circulação de ônibus municipais, intermunicipais e interestaduais, com horários reduzidos, em meio a pandemia do novo coronavírus.

A Prefeitura de Belo Horizonte, contabiliza até o momento, 4.667 casos confirmados do novo coronavírus, e 96 mortes pela doença.

Com informações da Rádio Bandeirantes e Prefeitura de Belo Horizonte