Prefeitura do Rio estabelece que ônibus municipais circulem com 100% da frota determinada

Prefeitura do Rio estabelece que ônibus municipais circulem com 100% da frota determinada

17 de junho de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, estabeleceu nesta terça-feira, (16), que as linhas de ônibus convencionais devem operar com 100% da frota determinada. O mesmo vale para o BRT, que deve circular com a frota integral para atender a população. A resolução foi publicada no Diário Oficial.

A nova readequação da frota leva em conta o aumento gradativo da demanda de passageiros, tendo em vista a retomada, progressiva e prudente, das atividades da cidade, seguindo o Plano de Retomada da Cidade do Rio de Janeiro em função dos impactos da pandemia de Covid-19, o programa “Rio de Novo”.

– Novas medidas estão sendo estudadas e poderão ser adotadas em prol da mobilidade da cidade e do deslocamento seguro dos passageiros no transporte coletivo, seguindo as fases do programa de retomada da Prefeitura – destacou o secretário de Transportes, Paulo Jobim.

A secretaria intensificou as ações de orientação e fiscalização, em pontos estratégicos da cidade, para verificar se os operadores estão respeitando a nova determinação sobre a frota em circulação, além de inspecionar o estado de conservação e a higienização dos ônibus, o uso de máscaras por motoristas, o funcionamento dos painéis de previsão de chegada dos veículos, a operação das bilheterias, a disponibilização de orientação quanto ao novo coronavírus e o transporte de passageiros sem lotação.

– As ações da SMTR seguirão reforçadas para garantir que as determinações da Prefeitura sejam devidamente cumpridas pelos operadores. O objetivo é que a população tenha tranquilidade ao se deslocar de ônibus pela cidade, sabendo que as medidas, além de fiscalizadas, estão sendo reavaliadas com cautela – finalizou Allan Borges, subsecretário de Transportes.

No início do isolamento social, em março, foi publicada uma portaria que autorizava a adequação da frota, permitindo redução de até 40% em locais de menor demanda de passageiros, considerando a queda significativa no uso do transporte durante o isolamento. Com a nova determinação, a portaria anterior foi revogada.

Multas aplicadas

Desde o início das ações no combate ao novo coronavírus, a SMTR aplicou 1.373 multas por inconformidades nos serviços de linhas convencionais e do BRT, principalmente por lotação nos coletivos. Somente nas últimas duas ações, nesta segunda (15) e terça (16), 284 autuações foram registradas por irregularidades no BRT.

Com informações da Prefeitura do Rio