Cuiabá decreta toque de recolher e redução na frota de ônibus durante duas semanas

Cuiabá decreta toque de recolher e redução na frota de ônibus durante duas semanas

10 de junho de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CUIABÁ – O município de Cuiabá, passará a partir deste sábado (13), adotar o toque de recolher e a redução de parte da frota de ônibus municipais, decretado pelo prefeito Emanuel Pinheiro – MDB. Segundo o governo municipal, ficará proibida a circulação de qualquer cidadão no município, no período entre as 22h30 às 5h. A medida irá valer até o dia 28 de junho. O documento foi publicado nesta quarta-feira (10).

O prefeito informou que apenas será permitido a circulação de pessoas para a utilização dos serviços essenciais, como clínicas odontológicas, médicas e veterinárias, bem como farmácia, laboratórios, funerárias, serviço de táxi, assim como os de aplicativos de passageiros, e serviço de segurança pública e privada, bem como os profissionais da área da Saúde.

O decreto também permite, excepcionalmente, a circulação de pessoas no horário previsto, em casos de acesso a esses serviços essenciais, ou em casos de cidadãos em trânsito para o Terminal Rodoviário de Cuiabá ou Aeroporto Internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande.

A Prefeitura de Cuiabá informou que durante este tempo, ficará determinado a manutenção de até 20% da frota de ônibus que operam linhas municipais, no horário estabelecido pelo toque de recolher, para fins de atendimento exclusivo dos profissionais dos serviços essenciais.

Com informações da Prefeitura de Cuiabá e TV Centro América