Salvador: Rui Costa critica justiça após liberar circulação de ônibus na Bahia

Salvador: Rui Costa critica justiça após liberar circulação de ônibus na Bahia

5 de junho de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SALVADOR – Em uma entrevista na manhã desta sexta-feira (5), concedida a José Luis Datena, o governador da Bahia, Rui Costa voltou a criticar a Justiça Federal que passou liberar o ônibus intermunicipais e interestaduais de circularem em todo o território da Bahia. De acordo com o governador, muitos juízes foram levados ao erro para conceder as liminares.

Foto: Fernando Vivas – Governo da Bahia – Divulgação

“As empresas alegam que irão fazer transporte para o turismo, quando essa não é a verdade”, disse Rui.

Ainda segundo o governador, nas últimas semanas, houve o registro de dezenas de ônibus rodoviários entrando em diversos municípios do interior, trazendo centenas de pessoas de outros estados, que acabaram perdendo seus empregos e estão buscando retornar ao seus municípios de origem.

“Há 10 dias estávamos com 160 municípios com casos confirmados. De repente empresas induziram juízes federais ao erro e começam a fazer transporte com liminar judicial. Estamos quase chegando a marca de 300 cidades com contaminados pelo coronavírus”, relatou o governador da Bahia. 

Rui Costa foi bem crítico ao defende a interrupção do transporte intermunicipal e interestadual no estado da Bahia, já que os casos de Covid-19, seguem aumentando com a chegada de mais pessoas ao estado. “Nessas quase 300 cidades contaminadas, vamos ter que parar tudo. Esse tipo de liminar só prejudica a economia e o emprego, além resultar na perda de vidas humanas”, completou Rui. 

Empresas de ônibus brigam na justiça para ter seus ônibus rodando

Na justiça, as empresas de ônibus que operam linhas interestaduais e intermunicipais, justificam que a regulação do transporte de passageiros em rodovias federais, como a BR-116 por exemplo, é de responsabilidade do governo federal, através da Agência Nacional de Transporte Terrestres e com isso, não sendo responsabilidade do governo estadual.

“Estamos enxugando gelo. O Brasil está dando o pior exemplo do mundo de como tratar uma doença contagiosa. A gente tenta tirar as pessoas da rua. Fizemos um abrigo para o atendimento para as pessoas com sintomas leves e para que não contaminar os vizinhos e ainda as pessoas de baixa renda”, completou o governador.

A Bahia registrou mais 1.012 casos de coronavírus nas últimas 24h e já soma 23.463 pessoas diagnosticadas com a Covid-19 em quase 300 cidades do estado. Os dados são do boletim emitido nesta quinta-feira (4) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Com informações do Governo da Bahia





Outras notícias sobre o transporte

PE: Ônibus da Progresso é interceptado na BR-428 em Petrolina
PETROLINA – Um ônibus da Auto Viação Progresso, modelo Busscar Vissta Buss …
SC: Prefeitura de Balneário Camboriú publica novo decreto que proíbe ônibus interestaduais
BALNEÁRIO CAMBORIÚ – O município de Balneário Camboriú publicou nesta terça-feira (4), …