Prefeitura do Rio emite 31 multas na zona norte por irregularidade nos ônibus

Prefeitura do Rio emite 31 multas na zona norte por irregularidade nos ônibus

29 de maio de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, promoveu mais uma ação de fiscalização dos serviços de ônibus municipais, nesta quinta-feira, 28. Ao todo, 31 multas foram aplicadas por diferentes irregularidades.

Fiscais da SMTR percorreram a Av. Brasil e vistoriaram linhas de ônibus convencionais, na altura de Irajá, em diferentes terminais. Treze linhas, como a 300, 362, 393, 665 e 920, foram flagradas com lotação, o que vai de encontro à determinação da Prefeitura de somente transportar passageiros sentados. Outras 10 linhas estavam circulando com a frota abaixo do determinado, como a 802, 851, 2334 e 2338. Já as linhas 821, 835, 838 e 866 foram flagradas cobrando valor da tarifa diferente do estabelecido. Outras quatro multas foram aplicadas por inoperância de linhas e por defeito no letreiro superior do coletivo.

Diariamente, as equipes da SMTR percorrem a cidade para verificar se as medidas anunciadas para evitar a disseminação do coronavírus nos transportes públicos estão sendo cumpridas, além das demais obrigações dos consórcios atuantes na cidade. Desde o início das ações, 488 multas foram aplicadas. As medidas visam atender às necessidades dos usuários e preservar a saúde dos passageiros e dos motoristas.

Outras importantes iniciativas envolvendo os transportes municipais foram definidas. Veja algumas delas:

Mudança na operação do BRT

A secretaria suspendeu seis serviços do sistema BRT e criou outros quatro, em caráter temporário, a fim de dar maior agilidade no embarque e minimizar a aglomeração de passageiros nas plataformas dos terminais e estações de BRT.

A mudança proporciona o aumento da oferta de veículos para a população e a redução dos intervalos nos corredores onde há maior procura pelo transporte.

Higienização e uso de máscaras

Equipes da secretaria também verificam se as empresas estão cumprindo a determinação de realizar a desinfecção dos coletivos, diariamente, antes do início da operação, e o uso de máscaras pelos motoristas e por funcionários das garagens.

Passe livre estudantil

As gratuidades nos transportes públicos para os estudantes que possuem o Passe Livre Universitário e para os alunos matriculados no ensino fundamental e médio de escolas municipais estão suspensos, conforme as restrições de funcionamento das instituições de ensino.

Gratuidade idosos

A secretaria instituiu a limitação da gratuidade para idosos nos ônibus municipais, para que só usem se precisarem se deslocar para obter atendimento médico. As viagens, que antes eram livres, passaram a ter o limite de quatro por dia.

Com informações da Prefeitura do Rio