BA: Ações da PRF, ANTT e Prefeitura de Vitória da Conquista apreendem ônibus

BA: Ações da PRF, ANTT e Prefeitura de Vitória da Conquista apreendem ônibus

29 de maio de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

VITÓRIA DA CONQUISTA – Uma ação de fiscalização conjunta da Prefeitura de Vitória da Conquista, Polícia Rodoviária Federal e Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, acabou apreendendo nesta semana, três ônibus rodoviários. A fiscalização, segundo o governo municipal, segue sendo realizada desde a terça-feira (26), no posto da Polícia Rodoviária Federal na BR-116 e conta ainda com a presença da Vigilância Sanitária e Secretaria de Mobilidade Urbana de Vitória da Conquista.

Foto: Prefeitura de Vitória da Conquista

Somente nesta quinta (28), dois veículos ficaram retidos. “Um total de 54 passageiros, nos dois ônibus, todos tiveram aferidas sua temperatura, todos assintomáticos e usando máscaras; porém, nenhum ônibus portava um certificado de higienização”, conta Maico Mares, coordenador da Vigilância Sanitária Municipal.

Um ônibus com 32 viajantes também foi apreendido na quarta-feira (27). Nenhum passageiro desembarcou na cidade ao longo desta operação. Segundo Mares, de acordo com o histórico de fiscalizações da Vigilância Sanitária, 90% dos passageiros desses ônibus clandestinos estão se dirigindo a outras cidades da região. Apenas 10% das pessoas que passam por aqui em transportes clandestinos têm seu destino final em Conquista.

Foto: Prefeitura de Vitória da Conquista

Quando isso acontece, elas recebem informações sobre os cuidados a serem tomados em relação à contaminação pelo novo Coronavírus e são orientados a ficar de quarentena. “A Vigilância Sanitária pega todos os dados, como telefone e endereço, e passamos para a equipe do Call Center, onde é feito todo o monitoramento”, explica o coordenador da Visa.

Os agentes de trânsito da Semob também participaram da operação. “O Simtrans está com uma equipe na avenida Integração, observando se há embarque ou desembarque de ônibus interestadual. E assim, entrar com contato com o pessoal da Vigilância Sanitária, da PRF e da ANTT, para fazer os devidos parâmetros que correspondem à competência de cada um”, afirma o agente de trânsito Robson Freitas.

Com informações da Prefeitura de Vitória da Conquista