Porto Alegre: Rodoviários realizam protesto devido ao parcelamento de salários

Porto Alegre: Rodoviários realizam protesto devido ao parcelamento de salários

25 de maio de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

PORTO ALEGRE – A manhã desta segunda-feira (25), foi marcada por protesto dos rodoviários de Porto Alegre, devido ao parcelamento dos salários ocorrido em algumas empresas de ônibus que atendem as linhas municipais da capital em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Logo pela manhã, representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte de Porto Alegre – Stetpoa, entregaram panfletos aos funcionários do transporte nas Avenidas João Pessoa, Farrapos e Osvaldo Aranha.

“Estamos defendendo que os trabalhadores não tenham mais os seus salários parcelados”, destacou Sandro Abbade, presidente em exercício do Stetpoa.

Agentes da EPTC e da Brigada Militar acompanharam o protesto dos rodoviários, como informou a prefeitura de Porto Alegre.

A manifestação dos rodoviários nos três corredores de ônibus foi acompanhada pela Brigada Militar e pelos agentes da EPTC. 

Em nota, a Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre ATP, informou que oito das onze empresas tiveram que parcelar os salários dos rodoviários devido a crise financeira das empresas de ônibus privada. “A queda constante no número de passageiros, se agravou neste período de pandemia, e afetou a arrecadação. Estão ocorrendo algumas demissões em algumas empresas, mas não chega a ser um número expressivo”, informou a ATP.

Com informações da Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre ATP e Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte de Porto Alegre – Stetpoa