Curitiba usará 80% da frota de ônibus a partir de segunda-feira com a reabertura do comércio

Curitiba usará 80% da frota de ônibus a partir de segunda-feira com a reabertura do comércio

23 de maio de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

CURITIBA – Com o aumento de passageiros registrado nas últimas semanas e o possível incremento de usuários no transporte coletivo decorrente da possibilidade de reabertura de shopping centers, a Urbanização de Curitiba (Urbs) vai reforçar a frota de ônibus da capital.

A partir de segunda-feira (25), o sistema passará a operar com 80% da frota total de 1,5 mil ônibus, contra a média de 65% que vinha sendo usada. O número de passageiros transportados, no entanto, ainda está muito abaixo dos períodos de normalidade – cerca de 260 mil por dia, contra 756 mil ao dia de antes da pandemia.

Na última sexta-feira (22), a Secretaria de Estado da Saúde (SESA) publicou a nota orientativa 34/2020, estabelecendo as condições para regulamentar o funcionamento dos pontos comerciais que já estão abertos no Estado ou aqueles que pretendem retomar as atividades. O Município vai seguir essas orientações.

Foto: Daniel Castellano – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Linhas

Com o reforço, a linha Inter 2 vai funcionar com 100% da frota nos dias úteis. As linhas expressas Pinheirinho-Rui Barbosa, Santa Cândida-Capão Raso e Circular Sul vão operar com 90% da capacidade nos horários de maior movimento e as linhas alimentadoras, que atuam na região Sul da cidade, vão funcionar com 100% no horário de pico. Também será feito o reforço na linha Boqueirão-Centro Cívico nos picos da manhã e da noite.

“Vamos fazer essa adequação e monitorar diariamente o movimento, usando também a tecnologia das câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO). Determinei que seja colocada uma frota reserva de prontidão, para caso de necessidade, e poderemos ampliar a frota até os 100%, com 1,5 mil ônibus”, disse o prefeito Rafael Greca.

Segundo o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, é preciso que o comércio de rua e os shoppings trabalhem em horários alternativos para não sobrecarregar, principalmente nos horários de pico, o sistema de transporte, que precisa operar com folga para evitar aglomerações e obedecer a conduta de prevenção da transmissão do novo coronavírus.

A previsão inicial da Urbs é de um aumento de cerca de 20% no fluxo de pessoas no sistema de transporte da capital com a possível reabertura dos shoppings centers.

“Estamos nos antecipando e, com essa reorganização das linhas, tornamos mais eficiente o transporte para atender essa demanda”, afirmou Maia Neto.

“É uma fase de transição. Vamos passar de uma fase mais aguda da pandemia, com maior isolamento, para o chamado novo normal, com um número maior de pessoas circulando, mas ainda com restrições. Teremos que monitorar de perto como isso vai acontecer até a volta da normalidade”, disse Greca.

Foto: Daniel Castellano – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Orientação

Para evitar aglomeração, a Urbs já tomou uma série de medidas no transporte coletivo. Os ônibus das principais linhas só podem sair dos terminais com lotação máxima de 50%. Todos os terminais têm marcações para que os passageiros mantenham uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre si e há distribuição de folders com orientações sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, necessidade de manter o distanciamento e as janelas abertas nos veículos. Cartazes, faixas e painéis eletrônicos nos ônibus também trazem informações sobre a prevenção da Covid-19.

Fiscais e agentes da Guarda Municipal fazem o trabalho de orientação, que ganhou também o apoio do Exército desde o último dia 14 de maio. O trabalho, que duraria 10 dias, vai ser prorrogado.

A força tarefa, que conta com a participação de 80 soldados, está concentrada – entre 5h30 e 8h30 – nos principais terminais (Pinheirinho, Santa Cândida, Cabral, Centenário de Boqueirão). No fim do dia, entre 16h30 e 19h30,  a cooperação entre Prefeitura e Exército será nas estações-tubo nas praças Carlos Gomes, Rui Barbosa e na estação Central.

Com informações da Prefeitura de Curitiba