Grande Recife segue com filas em terminais de ônibus no primeiro dia da quarentena

Grande Recife segue com filas em terminais de ônibus no primeiro dia da quarentena

18 de maio de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

RECIFE – A manhã desta segunda-feira (18), que é o primeiro dia de quarentena no Recife, assim como nos municípios de Olinda, Camaragibe, Jaboatão dos Guararapes e São Lourença da Mata. foi de filas nos terminais de ônibus, movimento intenso de passageiros também no metrô e congestionamento nas proximidades das blitz. Muitos moradores dessas cidades, diversas pessoas circulavam em máscaras de proteção, desrespeitando o decreto do governo do Estado.

Agentes do Consórcio Grande Recife estavam desde cedo nos principais terminais de ônibus realizando a distribuição de máscaras de proteção, aos passageiros que chegavam aos terminais sem o uso do equipamento de proteção individual. O decreto do governo do estado, determina que todo passageiros ao embarcar do transporte coletivo, é necessário que esteja utilizando máscara de proteção.

Muitas pessoas acabaram desrespeitando o distanciamento social de um metro e meio entre os passageiros que aguardavam os ônibus nos terminais. Já dentro dos ônibus, a orientação era que os passageiros viajasse apenas sentados. Havia um controle por agentes do Consórcio Grande Recife, que limitava o número de pessoas, para que os ônibus não saíssem lotados e com passageiros em pé.

Equipes da Polícia Militar de Pernambuco, seguem dando apoio com reforço da segurança e fiscalização nos terminais urbanos de passageiros do Recife e Região Metropolitana.

No município de Camaragipe, a demora na chegada dos ônibus acabou deixando muitos passageiros irritados. Segundo passageiros no local, a quantidade de ônibus disponibilizada na quarentena não é suficiente para comportar a demanda seguindo as recomendações do decreto.

Covid-19 em Pernambuco

Pernambuco confirmou, no domingo (17), mais 964 casos e 55 óbitos devido à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, além de outras 45 curas clínicas. Com isso, desde o início da pandemia, em março, até essa data, o estado contabilizou 19.452 confirmações, sendo 1.516 mortes e 2.969 pessoas curadas.

Com informações do Governo do Estado de Pernambuco, Consórcio Grande Recife e TV Globo