Cobrador de ônibus morre de Covid-19 em Salvador, após insuficiência respiratória

Cobrador de ônibus morre de Covid-19 em Salvador, após insuficiência respiratória

18 de maio de 2020 0 Por Redação Revista do Ônibus

SALVADOR – Um rodoviário de Salvador, identificado como Márcio Santana de 47 anos, acabou morrendo neste último domingo (17), no Hospital Teresa de Lisieux, após apresentar insuficiência respiratória, quando acabou sendo socorrido por um outro amigo rodoviário. Márcio foi diagnosticado com a Covd-19. Este é o primeiro registro de rodoviário morto com a doença em Salvador.

O rodoviário não sabia que estava com a Covid-19, até que precisou ser socorrido enquanto trabalhava. O mesmo acabou sendo internado na Unidade de Tratamento Intensivo – UTI do Hospital Teresa de Lisieux, porém, não resistiu.

Nesta manhã de segunda-feira (18), o corpo de Márcio foi enterrado no Cemitério do Campo Santo, no bairro da Federação. Por causa dos protocolos de saúde no enterro de pessoas contaminadas com o coronavírus, não houve velório.

No enterro do rodoviário, apenas estavam a espaço de Márcio e mais uym familiar. Não há informações se o rodoviário tinha comorbidades, que possa ter contribuído ao óbito.

Ainda nesta segunda-feira (18), o Sindicato dos Rodoviário da Bahia, informou através de seu presidente, Daniel Mota, que não é o primeiro caso de rodoviário morto pela Covid-19 e que a categoria pede melhores condições de trabalho ao poder público.

“A gente faz um apelo aos poderes públicos para que deem uma observada mais criteriosa no transporte coletivo de Salvador. O Márcio estava trabalhando, foi encaminhado para o hospital e, para nossa surpresa, faleceu ontem de Covid-19”, disse.

“Está faltando das um pouco mais de importância para a categoria. Está se fazendo a verificação da temperatura nos estabelecimentos comerciais, mas nos grandes terminais está faltando isso. Está faltando isso na Estação Pirajá, na Estação da Lapa, nas grandes estações. A gente já tem um rodoviário morto de coronavírus na capital, outro na região metropolitana, e isso tem que parar por aí”, pontuou Mota.

Foto: Reprodução/TV Bahia

A Prefeitura de Salvador informou em nota através da Secretaria Municipal de Mobilidade – Semob que, em conjunto com a Limpurb, intensificou a limpeza das estações de transbordo desde o início da pandemia na cidade, lavando diariamente e com a presença dos agentes limpando os corrimões frequentemente.

A secretaria disse ainda que os ônibus também são lavados durante a noite, quando chegam às garagens e que nas estações, durante a troca de motoristas, a limpeza também é reforçada.

A secretaria disse que já distribuiu mais de 30 mil máscaras aos usuários de transportes de Salvador, e que também realiza diariamente a fiscalização do uso do acessório para quem utiliza o transporte, protegendo tanto o passageiro quanto os operadores.

Com informações do Sindicato dos Rodoviários de Salvador, Prefeitura de Salvador e Rede Bahia de Televisão