Fiscalização da ANTT apreende cinco ônibus no interior da Bahia

Fiscalização da ANTT apreende cinco ônibus no interior da Bahia

15 de maio de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

VITÓRIA DA CONQUISTA – Uma ação de fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, acabou apreendendo nos últimos dias, cinco ônibus que estavam realizando o transporte clandestino de passageiros, como afirmou a agência. As apreensões ocorreram entre os dia 12 a 14 de maio e contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar Rodoviária da Bahia.

Foto: Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT – Divulgação

O governo da Bahia através da Secretaria de Saúde segue intensificando a fiscalização de ônibus intermunicipais e interestaduais que entram no estado, com apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, da Polícia Rodoviária Federal – PRF, além da Polícia Militar Rodoviária da Bahia, no objetivo de tentar contar a proliferação do novo coronavírus, evitando que ônibus vindo de outros estados, possam colaborar com o aumento de casos da Covid-19, já que passageiros vindos de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, podem estar assintomático e com isso, acabar contaminando mais pessoas, sem que saibam que estão com a doença.

Equipes da Vigilância Sanitária do Governo do Bahia e também do município de Vitória da Conquista, no sul da Bahia, também acompanharam a ação nos ônibus, para que pudessem verificar o estado de saúde dos passageiros, bem como orienta-los sobre a necessidade de ficarem em isolamento social após a viagem.

Foto: Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT – Divulgação

De acordo com a ANTT, os ônibus foram abordados na BR-116 nas proximidades do município de Vitória da Conquista e demais municípios do entorno. Ao menos 94 passageiros acabaram sendo transferidos para ônibus regulares.

A agência informou que foram verificadas diversas irregularidades nos ônibus, como a ausência de itens obrigatórios de segurança, bem como alguns itens com defeitos, como pneus carecas e para-prisas trincados.

As empresas dos ônibus apreendidos, ainda não se manifestaram sobre a ação da ANTT, ficando o espaço aberto para maiores esclarecimento, informando porque estariam descumprindo o decreto do governo da Bahia, que impede a circulação dos ônibus no estado.

Com informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres


Confira mais notícias sobre o transporte da Bahia