SC: Polícia Militar intercepta ônibus da Expresso Nordeste e Eucatur que contrariaram o decreto estadual

SC: Polícia Militar intercepta ônibus da Expresso Nordeste e Eucatur que contrariaram o decreto estadual

29 de abril de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

FLORIANÓPOLIS E BALNEÁRIO CAMBORIÚ – Ao menos dois ônibus ônibus rodoviários, sendo um da Expresso Nordeste, modelo Comil Invictus Volvo 8×2 e um outro ônibus da Viação Eucatur do modelo Paradiso G7 1800 DD equipado com chassi Volvo 8×2, acabaram sendo interceptados pela Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (29), por não estarem cumprindo o decreto do Governo do Estado de Santa Catarina que proíbe o transporte de ônibus municipal, intermunicipal e interestadual, afim de evitar com isso, a proliferação do novo coronavírus no estado.

A operação foi realizada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de SC – Aresc em conjunto com a Polícia Militar. O diretor técnico da agência, Silvio Rosa, informou que o ônibus da Viação Eucatur foi interceptado no município de Balneário Camboriú, com diversos passageiros vindos de São Paulo.

Já o ônibus da Expresso Nordeste, foi parado em São José, na Região Metropolitana de Florianópolis, com diversos passageiros vindo da cidade de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. Ainda segundo a Agência Reguladora de Serviços Públicos de SC – Aresc, os veículos seguiam em direção ao município de São José, onde estariam fazendo o ponto final e desembarcariam os passageiros, já que não podem entrar na cidade de Florianópolis.

A Aresc informou que esses foram os dois primeiros ônibus flagrados no estado de Santa Catarina que estão desrespeitando o decreto do governo, desde o dia 18 de março, quando foi publicado, determinando a proibição da circulação de ônibus. O evento deste decreto termina nesta quinta-feira (30), caso não seja renovado.

Um boletim de ocorrência contra as empresas de ônibus Expresso Nordeste e Viação Eucatur foi feito por conta do descumprimento do decreto estadual.

“Nós estamos tentando acompanhar a movimentação, mas está sendo difícil fazer o controle, porque, como as rodoviárias estão fechadas, as empresas estão utilizando diferentes locais para o embarque e desembarque, como centros comerciais à beira de rodovias”, comentou Silvio Rosa, da Aresc, sobre as medidas de fiscalização.

A Expresso Nordeste e a Viação Eucatur, ainda não se manifestaram sobre o assunto até a publicação desta reportagem

ANTT se manifesta sobre o assunto

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, informou que reforça as regras federais, onde o transporte de ônibus interestaduais, segue permitido em todo o Brasil. Porém, diante aos decretos estaduais, se alguma empresa de ônibus por algum motivo, não estiver respeitando a ordem do determinado estado, quem precisa se manifestar sobre o assunto, é o governo estadual.