Vídeo: Guichê da Gontijo é destruído em BH, após Policial reformado surtar na rodoviária

Vídeo: Guichê da Gontijo é destruído em BH, após Policial reformado surtar na rodoviária

21 de abril de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – Após a tentativa de remarcar uma passagem com gratuidade para a cidade de Vitória, um policial reformado de 55 anos, que não teve a sua identidade revelada, acabou preso, depois de depredar o guichê da Viação Gontijo, também conhecida como Empresa Gontijo de Transportes na manhã desta terça-feira (21), na Rodoviária de Belo Horizonte.

Foto: Reprodução de Internet – Youtube

De acordo com a administração do terminal rodoviário, o idoso tentava agendar previamente a passagem para o dia 5 de maio. Na noite desta última segunda-feira (10), o mesmo já teria ido a Rodoviária tentar fazer a remarcação da passagem sem sucesso.

Como houve a negativa da empresa Gontijo em não remarcar sua passagem,  onde os funcionários voltaram a explicar que o embarque não aconteceria por causa do novo coronavírus, o idoso, acabou destruindo as instalação de vidro usando uma marreta, utilizado na construção civil.

Duas opções foram apresentadas pelos funcionários ao idoso como o reembolso ou o agendamento para quando as viagens voltarem à normalidade, porém, o mesmo não teria aceito.

Foto: Reprodução de Grupos de Whatsapp

Apesar do susto, ninguém se feriu. A administração do terminal, precisou isolar a região, para evitar acidentes, já que os vidros se espalharam por parte de fora do guichê. Uma equipe da limpeza foi acionada, para tirar os estilhaços do vidro. Funcionários do local se assustaram com o barulho, chamando atenção de todos que estava no interior da Rodoviária de Belo Horizonte.

Depois de perícia realizada no local, a Gontijo interditou o guichê.

Foto: Reprodução de Grupos de Whatsapp

Uma equipe de segurança, conseguiu conter o policial reformado, até a chegada da Polícia Militar, que realizou a ocorrência. Ele foi encaminhado para a 6ª Companhia do 1º Batalhão da PM, na Rua Carijós, no centro da capital.

Mesmo após receber voz de prisão, o sargento prometeu voltar para “terminar de quebrar a empresa”. A PM foi ao hotel onde ele estava hospedado e apreendeu outras ferramentas.

A Viação Gontijo ainda não sem manifestou sobre o assunto até o fechamento deste reportagem.

Com informações da Rodoviária de Belo Horizonte e Polícia Militar do Estado de Minas Gerais