SP: Expresso Itamarati começa demitir funcionários devido ao novo coronavírus

SP: Expresso Itamarati começa demitir funcionários devido ao novo coronavírus

8 de abril de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO – A Expresso Itamarati, que opera linhas intermunicipais no Estado de São Paulo começou o processo de demissões de alguns de seus funcionários. De acordo com o Sindicato dos Rodoviários de São José do Rio Preto, nesta semana ao menos 11 funcionários foram desligados do quadro da empresa.

Em grupos de mensagens por aplicativo e também em algumas redes sociais, circula um vídeo em que mostra a reação de alguns motoristas da Expresso Itamarati diante a demissão na cidade de São José do Rio Preto, um reflexo da crise que o setor de transporte atravessa por conta da pandemia do novo coronavírus, que vem obrigando cidades adotarem ao isolamento social.

Ainda segundo o presidente do sindicato, Daniel Rodrigues, o número de profissionais demitidos ainda pode crescer, já que há motoristas contratados em diversos municípios.

A entidade que representa os rodoviários, informou que foi feito um acordo com a Expresso Itamarati, que possui validade já a partir desta quarta-feira (8), para que outros funcionários não sejam mais demitidos em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, ao menos que o profissional peça demissão.

O sindicato porém, não informou se os profissionais que foram desligados da empresa, pertencia ao setor urbano ou rodoviário da empresa.

Em meio as primeiras demissões, o clima na garagem segue tenso, já que a incerteza de melhorias no setor de transporte e na economia no Brasil, ainda seguem sem previsão de crescimento ao menos em curto a médio espaço.

Baixo movimento de passageiros no Terminal Rodoviário de São José do Rio Preto

De acordo com a Empresa Municipal de Urbanismo de São José do Rio Preto – Emurb, há uma queda de aproximadamente 96% no número de viagens intermunicipais, saindo do Terminal Rodoviário de São José do Rio Preto, e essa queda reflete diretamente no lado financeiro das empresas, que com pouco receita, acabam tendo que demitir parte de seus funcionários.

Atualmente, a linha São José do Rio Preto x São Paulo e São Paulo x São José do Rio Preto, segue apenas com dois horários, por conta da baixa demando de passageiros. Anteriormente a pandemia, a Expresso Itamarati chegava oferece até doze horários diários.

Foto: Reprodução de TV

Governo de SP prorroga quarentena até 22 de abril

O Governador João Doria decidiu prorrogar por mais 15 dias a quarentena em todos os 645 municípios de São Paulo, até o dia 22 de abril. A decisão foi tomada após reunião com 15 médicos do Centro de Contingência do coronavírus, que apontaram que o contágio já chegou a cem cidades paulistas e mais de 400 hospitais públicos e privados e anunciada através de uma entrevista coletivo no início da tarde deste sábado (6). Projeções apontam que prolongar o distanciamento social pode evitar mais de 160 mil mortes em todo o Estado.

A Expresso Itamarati ainda não se manifestou sobre as demissões de parte do quadro de funcionários. Nas redes sociais, a empresa apenas segue divulgando uma campanha publicitária com o tema “Juntos Somos mais Fortes”, como podemos ver abaixo.

Com informações da Empresa Municipal de Urbanismo de São José do Rio Preto – Emurb e Sindicato dos Rodoviários de São José do Rio Preto