Empresas mostram a triste realidade da BR-156, próximo a Oiapoque

Empresas mostram a triste realidade da BR-156, próximo a Oiapoque

1 de abril de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

OIAPOQUE E MACAPÁ – Segue crítica a situação da rodovia federal BR-156, no trecho entre a cidade de Oiapoque e Macapá. Motoristas que precisam utilizar o trecho, seguem tendo sérios problemas na mobilidade entre as duas cidades, devido ao péssimo estado de conservação da estrada.

Foto: Amazontur – Divulgação

A falta de manutenção, pode acabar deixando as cidades isoladas, já que a estrada apresenta péssimo estado de trafegabilidade, como podemos ver as imagens divulgadas pela empresa Amazontur, que opera viagens entre as duas cidades.

De acordo com a empresa de ônibus, nas proximidades de uma aldeia indígena, entre os quilômetros, 64, 69, 70, 78 e 80, o trecho segue bastante comprometidos.

Foto: Amazontur – Divulgação

Em meio a pandemia do novo coronavírus, há uma queda de passageiros, e vai se agravando com o atraso das viagens. Segundo a empresa Amazontur, um de seus ônibus que saiu no sábado à noite de Oiapoque só chegou em Macapá na segunda de manhã. Outro da empresa Viação Santanense que também opera o trecho, que saiu no domingo ás 19h só chegou na capital às 16h de segunda-feira.

De acordo com o empresário Ahrão Ohana, da empresa Viação Santanense, é comum os ônibus virem com 3 ou 4 passageiros em cada viagem, sendo que já ocorreu da empresa trazer apenas passageiros beneficiados pelas gratuidades, como idosos e policiais.

Foto: Amazontur – Divulgação

Há duas semanas, um ônibus que tentava atravessar um atoleiro no Km 65 saiu para fora da pista e ficou preso numa cratera. Os passageiros tiveram de ser transportados em outro ônibus.

Com informações da Empresa Amazontur, Viação Santanense e portal Chico Terra