Curitiba: Urbs reforça limpeza de 2.640 pontos de ônibus e estações-tubo

Curitiba: Urbs reforça limpeza de 2.640 pontos de ônibus e estações-tubo

1 de abril de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CURITIBA – Depois da operação de limpeza nos 22 terminais e na Rodoviária feita no fim de semana, a Urbanização de Curitiba (Urbs) começou, nesta terça-feira (31/3) o reforço de desinfecção de 2.640 pontos de ônibus na cidade e das estações-tubo. O objetivo é conter a disseminação do novo coronavírus em locais de grande circulação no transporte coletivo da capital. 

 Foto: Pedro Ribas – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

“São áreas de grande fluxo de passageiros todos os dias e estamos reforçando a higienização para evitar a propagação do vírus”, diz o presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), Ogeny Pedro Maia Neto.

Nesta terça-feira (31/3) foi feita a assepsia em 26 pontos, localizados nos bairros que fazem parte da regional do Cajuru. O trabalho deve ser retomado na regional na manhã desta quarta (1º/4).

 Foto: Pedro Ribas – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Os profissionais de limpeza usam pulverizadores costais com hipoclorito de sódio e peróxido de hidrogênio para fazer a higienização de pontos de contato, cobertura e apoios e ajudar a reduzir a velocidade de circulação de agentes infecciosos. A aplicação dura cerca de 15 minutos em cada local e os passageiros podem utilizar o espaço normalmente após a desinfecção.

Para meia-noite está programado o início da assepsia de estações-tubo. O trabalho começa pela estação CIC-Norte, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), do eixo Leste/Oeste. A intenção é fazer a limpeza em 271 estações-tubo, já que as que estão localizadas nos terminais já foram higienizadas no fim de semana. Como as estações são maiores e reúnem mais passageiros, o trabalho precisa ser conduzido no período noturno.

 Foto: Pedro Ribas – Prefeitura de Curitiba – Divulgação

Parceria voluntária

O peróxido de hidrogênio, que está sendo doado pela Peróxidos do Brasil, é conhecido pelo poder desinfetante e de desinfecção. A aplicação do produto nos pontos de ônibus é feita pela Climax 8 Prestação de Serviços. Nos tubos, o serviço é da Abaiti Limpeza Industrial. Ambas as empresas são voluntárias no projeto.

A higienização faz parte de uma ampla ação de assepsia lançada pela Prefeitura de Curitiba para conter o avanço do novo coronavírus.  Além dos terminais e dos pontos de ônibus, já foi feito o reforço de limpeza com peróxido nos acessos a Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais públicos de Curitiba. Os primeiros pontos atendidos foram a UPA Pinheirinho, a UPA Sítio Cercado, o Hospital Municipal do Idoso e o Hospital do Trabalhador.

Curitiba totaliza 90 casos de covid-19

Curitiba tem 90 casos confirmados do novo coronavírus em moradores da cidade, 11 deles são novos: seis homens e cinco mulheres, com idades entre 28 e 69 anos. Os números foram divulgados nesta terça-feira (31/3) pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Há 209 casos suspeitos e outros 553 casos foram descartados. Dos 90 casos confirmados, 42 foram liberados do isolamento.

Desde o primeiro caso confirmado na cidade, no início de março, 26 pessoas necessitaram de atendimento hospitalar. Quinze continuam internadas – sete em estado grave, com necessidade de suporte ventilatório (respirador). 

Dos sete internados em estado grave, seis são do sexo masculino e um do sexo feminino, com idades de 49 a 64 anos.

Monitoramento prioritário

“Estamos priorizando o acompanhamento e a investigação de óbitos e de casos graves de infecção respiratória, o que pode indicar a covid-19”, explica a infectologista da Secretária Municipal da Saúde, Marion Burger.

Dos 20 óbitos investigados até o momento, 14 foram descartados e seis estão aguardando resultado laboratorial para covid-19.

Covid-19 em Curitiba

Descartados: 553
Suspeitos: 209
Confirmados: 90
Liberados do isolamento: 42

Com informações da Prefeitura de Curitiba