Prefeitura de Teresina suspende gratuidade do idoso para obrigar grupo de risco a ficar em casa

Prefeitura de Teresina suspende gratuidade do idoso para obrigar grupo de risco a ficar em casa

24 de março de 2020 0 Por revistadoonibus

TERESINA – Foi assinado nesta segunda-feira (23), pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho, um novo decreto que passa suspender a gratuidade para os idosos no transporte público. De acordo com o governo municipal, a medida é obrigar o grupo de risco ao novo coronavírus, e com isso tentar evitar a proliferação da Covid-19.

De acordo com a Prefeitura de Teresina, o novo decreto segue limitando a circulação dos ônibus da cidade e também segue limitando o funcionamento do Transporte Eficiente, que atende pessoas com deficiência, para atendimento através de agendamento somente em casos especiais de saúde e de abastecimento pessoal.

A prefeitura determinou ainda que a frota de ônibus seja reduzida para cota mínima, que é de 25%. E os consórcios de ônibus forneçam os materiais necessários de segurança e de limpeza.

De acordo com os dados da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), cerca de 3 mil passageiros idosos utilizaram o transporte público de Teresina. “Nosso apelo é para que as famílias impeçam os idosos de saírem de casa. Já está comprovado e alertado que são os idosos os que mais apresentam problemas de saúde com esse vírus”, declarou o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

Isolamento social e decretos de calamidade

Para evitar a contaminação pelo vírus, o isolamento social e medidas emergenciais foram determinadas por meio de decretos do governo do estado e das prefeituras, como na capital piauiense, para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

Policiais fazem abordagens nas fronteiras do estado a ônibus e veículos particulares. Escolas, universidades e a maior parte do comércio, assim como serviços públicos, suspenderam as atividades. Os decretos preveem que quem descumprir as regras pode ser penalizado com multa ou até prisão.

Com informações da Prefeitura de Teresina e Tv Clube