Novos ônibus DD da Gontijo serão amarelos

Novos ônibus DD da Gontijo serão amarelos

13 de março de 2020 Off Por revistadoonibus

BELO HORIZONTE – A Viação Gontijo, também conhecida como Empresa Gontijo de Transportes, divulgou nesta sexta-feira (13), através de uma rede social, como será a sua mais nova identidade visual que estampará seus novos e modernos carros Comil Invictus DD equipados com chassi Scania 8×2, que a Villela Design criou para a nova frota.

Os novos carros tem previsão para serem entregues até o mês de maio, ainda de acordo com a empresa, serão 4 ônibus Double Deck Comil e outras 17 unidades com chassi Scania que virá entre ônibus Comil Invictus 1200 e Busscar Vissta Buss 360. A lista completa segue no final da reportagem.

Acredita-se que além dos carros Double Deck, inéditos e solicitados por passageiros desde os anos 2000, os outros veículos como o Comil Invictus 1200 e os modelos Busscar Vissta Buss 360 também ganhem o novo visual. Ao menos por enquanto, o que podemos notar é que os carros altos da Gontijo seguem com tom mais amarelado do que os atuais veículos da frota.

Ao que tudo indica, a nova pintura contemplará apenas os carros altos.

Na internet os admiradores da Gontijo, apostam em mais conforto e em um visual arrojado e inovador.

As linhas em que os novos ônibus estarão sendo escalados, ainda não foram informadas pela empresa, o que deve ocorrer na semana em que os novos ônibus estiverem sendo emplacados.

Foto: Montagem – Ônibus, Minha Segunda Casa – Reprodução de Redes Sociais

Lista da nova frota Gontijo e São Cristóvão

De acordo com o Projeto Ônibus, Minha Segunda Casa, há informações, de que dos 22 novos carros novos adquiridos pela Gontijo, serão divididos na seguinte ordem:

4 Comil Invictus DD Scania K440b 8×2 para a Gontijo,
1 Comil Invictus DD Scania K440b 8×2 para a São Cristóvão

4 Busscar Vissta Buss 360 Scania K400b 6×2 para a Gontijo
13 Comil Invictus 1200 Scania K400b 6×2 para a Gontijo

Os novos veículos são aguardados para o mês de maio, porém, podem ser entregues antes ou depois do prazo, dependendo do trabalho que os fabricantes de ônibus terão.