MG: Justiça determina apreensão de seis ônibus empresa GIL em Juiz de Fora

MG: Justiça determina apreensão de seis ônibus empresa GIL em Juiz de Fora

4 de março de 2020 Off Por revistadoonibus

JUIZ DE FORA – Uma decisão da 8ª Vara Cível da Comarca de Juiz de Fora, determinou a busca e apreensão de seis ônibus urbanos pertencentes a empresa Goretti Irmãos Ltda – GIL, que ocorreu na última segunda-feira (2), acabou chamando atenção na cidade e no meio de transporte.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG, informou que a apreensão se trata de uma alienação fiduciária envolvendo a empresa e o Banco Luso Brasileiro S.A. A decisão foi proferida pelo juiz Sérgio Murilo Pacelli, que autorizou uma liminar de apreensão no dia 27 de fevereiro.

Segundo TJMG, a empresa GIL financiou no Banco Luso a compra dos ônibus, em um valor de R$ 2 milhões e deu seis veículos que já tinha como garantia. Com a falta do pagamento, o banco ajuizou a ação e apreendeu os ônibus.

Em nota, a empresa GIL comunicou que seu departamento jurídico, está contestando os cálculos e espera reverter a apreensão o mais rápido possível. A empresa assegurou que o serviço de ônibus na cidade não será comprometido, já que a GIL conta com frota reserva.

O Banco Luso Brasileiro, que informou através de nota que não irá se pronunciar sobre o assunto.

Com informações do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e Tv Integração