Rio: Chuva causa alagamento e provoca interrupções e intervalos irregulares no BRT Rio neste fim de semana

Rio: Chuva causa alagamento e provoca interrupções e intervalos irregulares no BRT Rio neste fim de semana

1 de março de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

RIO – Desde a noite deste sábado (29), a cidade do Rio de Janeiro, assim como demais cidades da Região Metropolitana do Rio, seguem em estágio de alerta e atenção, devido às fortes chuvas que atingem toda a região. Trens e ônibus que circulam na cidade do Rio de Janeiro, seguem desde a noite de ontem, com intervalos irregulares.

Foto: Estação do BRT de Olaria – Reprodução de Redes Social

O Consórcio BRT Rio informou através de suas redes sociais que há diversos pontos de alagamentos em seus corredores Trans Oeste, Trans Carioca e Trans Olímpica, impedindo a circulação dos ônibus desde a noite deste sábado, porém, já na tarde desde domingo, há circulação de ônibus com intervalos irregulares.

A operação no corredor Transoeste está sendo realizada entre os Terminais Jardim Oceânico e a estação Mato Alto e entre Campo Grande Santa Cruz.
Os pontos mais críticos ocorreram próximos às estações Olaria e Aracy Cabral (Taquara), no Transcarioca, e entre Santa Cruz e Mato Alto, no Transoeste. O corredor Transolímpica também opera com intervalos irregulares. Algumas estações foram alagadas, como é o caso da estação Olaria, no Transcarioca, que permanecem fechada.

Por conta do temporal, o município da capital está sob estágio de alerta e a previsão é de que mais chuva atinja a cidade ao longo do dia. O prefeito Marcelo Crivella divulgou nota sobre a situação na cidade. Ele disse que as equipes estão nas ruas e pediu que a população evitem áreas de risco.

“Estamos em alerta máximo. Nossos órgãos estão preparados para resolver as situações e as nossas equipes estão nas ruas trabalhando. Vamos sair mais fortes de momentos como esses. Evitem áreas de risco, não joguem lixo nas ruas para não entupir os bueiros e atendam às equipes de orientação. Quando soarem as sirenes, se dirijam aos pontos de refúgio”, disse.

Até as 16h00 deste domingo (1°), as principais ocorrências registradas em função do temporal foram:

  • Duas mortes na Zona Oeste – um homem no Tanque e uma idosa na Taquara
  • Alagamentos em diversas vias, com destaque para a Avenida Brasil
  • BRT interrompeu serviço em um dos corredores
  • Trens ficaram inoperantes em dois ramais
  • Em uma hora, Zona Oeste registrou metade da média histórica de chuva para março
  • Visitas são suspensas nos presídios de Bangu por conta de alagamentos
  • 28 sirenes foram acionadas em 14 comunidades até 14h30 deste domingo

Duas mortes foram registradas pelo Corpo de Bombeiros na Zona Oeste da cidade. A primeira ocorreu no Tanque, onde um homem, ainda não identificado, foi retirado sem vida dos escombros de um imóvel que desabou após deslizamento de terra, por volta das 4h25. A corporação ainda não esclareceu detalhes do ocorrido.

Com informações da Prefeitura do Rio, Tv Globo e Redes Sociais