BA: Moradores de Guanambi realizam novo protesto contra ônibus da Novo Horizonte

BA: Moradores de Guanambi realizam novo protesto contra ônibus da Novo Horizonte

12 de fevereiro de 2020 0 Por revistadoonibus

GUANAMBI – A Viação Novo Horizonte é alvo de reclamação e protesto de passageiros na Rodoviária de Guanambi nesta terça-feira (11), quando a empresa escalou um ônibus do modelo Paradiso G6 1200 equipado com chassi Mercedes-Benz 6×2 para fazer a linha Guanambi x Brasília às 17h. O veículo tinha o para-brisa trincado, pneus recapados e sinalização do veículo comprometida.

Foto: Vina Queiroz – Arquivo Pessoal – Divulgação

No dia 19 de janeiro, a empresa também foi alvo de protesto, quando passageiros se organização e obrigaram a Viação Novo Horizonte, disponibilizar um novo ônibus, como podemos ver aqui.

Para-brisa do ônibus trincado
Foto: Vina Queiroz – Arquivo Pessoal – Divulgação

Percebendo as péssimas condições de viagem, os passageiros pediram ao motorista da Novo Horizonte, que trocasse do modelo de ônibus. De acordo com a professora Vina, teve resistência por alguns responsáveis da empresa que chegaram afirma que não haveria outro ônibus.

“Foi preciso eu ligar para um advogado e ele orientar a chamar a polícia para conduzir até a delegacia o motorista e o responsável da empresa que fica na rodoviária, porque é crime contra o consumidor. Após essa fala, eles providenciaram um ônibus novinho e às 17h47 estávamos embarcando”, relata a cliente da Viação Novo Horizonte.

“Nós passageiros, vamos fazer um boletim de ocorrência na delegacia e ajuizar uma ação na justiça para resolver de vez a falta de respeito que a empresa comete conosco, enquanto isso eu sugiro a população que não aceitem ônibus nestas condições para viajar e cobrem seus direitos”,  diz Vina.

A Viação Novo Horizonte ainda não se manifestou sobre o segundo protesto de clientes sobre o péssimo serviço prestado no interior da Bahia, até a publicação desta reportagem, estando este canal aberto para que a empresa apresente suas justificativas.

Se a moda pega, teremos muitos protestos em várias cidades do país.

Com informações da Polícia Militar e Portal Fala Você