Volvo reforça posição de vanguarda em tecnologias de segurança no Brasil

Volvo reforça posição de vanguarda em tecnologias de segurança no Brasil

6 de fevereiro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CURITIBA – Ao apresentar a nova geração do SSA (Sistema de Segurança Ativa) para ônibus rodoviários, a Volvo mantém sua posição de vanguarda em soluções de segurança no transporte de passageiros no Brasil. “Fomos pioneiros no País na introdução de equipamentos que melhoraram a operação de transporte do ponto de vista da segurança e contribuíram para fazer a sociedade olhar com mais atenção para esta necessidade”, lembra Fabiano Todeschini, presidente da Volvo Buses Latin America.

Foto: Volvo do Brasil – Divulgação

Todeschini se refere ao lançamento dos freios ABS (Sistema Antibloqueio das Rodas) em chassis da marca em 1991, quando o mercado local de ônibus desconhecia esta tecnologia, que muito mais tarde se tornaria mais comum. “A segurança está no DNA da Volvo. Trazer o ABS em ônibus para o Brasil foi um importante passo para ajudar a conscientizar o mercado sobres as novidades em segurança que já eram utilizadas em países desenvolvidos”, comenta Paulo Arabian, diretor comercial de ônibus da Volvo no Brasil.

Em 2007, a Volvo Buses voltou a inovar, lançando no Brasil e demais países da região hispânica da América Latina o ESP (Programa Eletrônico de Estabilidade), uma avançada tecnologia de segurança veicular ativa, que reduz significativamente a possibilidade de derrapagem e de capotagem em curvas fechadas. No mesmo período, a empresa apresentou ainda os freios a disco e o EBS, freio eletrônico que faz a frenagem individual das rodas, aumentando a segurança dos ônibus.

Foto: Volvo do Brasil – Divulgação

Vanguardismo global

A Volvo sempre esteve identificada com segurança, desde a criação da empresa em 1927 na Suécia, quando Assar Gabrielsson e Gustaf Larsson, fundadores da companhia, colocaram o assunto como um valor fundamental de marca.

Em 1959 Nils Bohlin, engenheiro da Volvo, criou o cinto de três pontos, considerado até hoje o maior invento de segurança da indústria automotiva. A Volvo abriu mão da patente para que o dispositivo pudesse ser usado pelos demais fabricantes do setor, beneficiando toda a sociedade.

Nos anos de 1960 a Volvo inicia o procedimento de teste de segurança em cabines, culminando com a realização dos primeiros crash-test para caminhões, introduzidos pela marca em 1976 e considerados referência mundial desde então.

Em 1979 foram apresentadas duas inovações: o volante que absorve energia e o cinto de segurança com sistema inercial e travamento eletrônico. Freios Z-cam e ABS foram as características de segurança apresentadas para caminhões em 1985. Depois vieram a produção em série de airbags e o FUPS (Front Underrun Protection System), um sistema anti-intrusão desenvolvido para proteger os ocupantes de carros em caso de colisões frontais. Na sequência foram lançados gradativamente o ESP, o VEB (Freio Motor Volvo), câmera da marcha a ré, EBS e todas as demais tecnologias de segurança ativa disponíveis atualmente nos caminhões e ônibus da marca.

Com informações da Volvo do Brasil