MG: Jovem diz que homem se masturbou e esfregou órgão genital dentro de ônibus do MOVE

MG: Jovem diz que homem se masturbou e esfregou órgão genital dentro de ônibus do MOVE

6 de fevereiro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

SANTA LUZIA – Um homem de aproximadamente 40 anos, acabou se masturbando e esfregando seu órgão genital em uma jovem de 20 anos que não teve a sua identidade revelada na manhã desta quarta-feira (5), dentro de um ônibus do MOVE, quando o veículo estava em uma estação da Avenida Brasília, na cidade de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Ainda em estado de choque, a jovem informou que ficou chocada, se levantou para mudar de lugar no coletivo, porém, foi importunada sexualmente. Ela disse que não conseguiu gritar ou pedir ajudar para algum passageiros a bordo do coletivo.

O autor, segundo a própria, era um homem alto, negro, magro, usava blusa vermelha e um boné pra trás, além de estar com um fone de ouvido vermelho e aparentar ter cerca de 40 anos.

Crime sexual

O crime de importunação sexual se tornou lei em 2018 e é caracterizado pela realização de ato libidinoso na presença de alguém e sem sua anuência. O caso mais comum é o assédio sofrido por mulheres em meios de transporte coletivo, como ônibus e metrô. Antes, isso era considerado apenas uma contravenção penal, com pena de multa. Agora, quem praticá-lo poderá pegar de 1 a 5 anos de prisão.

Já o crime de estupro é previsto no art. 213, e consiste em “constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”. Mesmo que não exista a conjunção carnal, o criminoso pode ser condenado a uma pena de reclusão de 6 a 10 anos.

Com informações da Polícia Militar e BHAZ