MS: Viação Andorinha inicia operação na linha Corumbá – Ladário

MS: Viação Andorinha inicia operação na linha Corumbá – Ladário

31 de janeiro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

CORUMBÁ – Com autorização da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan), a Viação Andorinha começou a executar nesta sexta-feira (31) os serviços da linha 061, Corumbá – Ladário. As operações foram antecipadas em um dia, para garantir que os usuários não ficassem sem atendimento, em função da ausência de ônibus da Viação Canarinho, que está sendo substituída.

Desde as primeiras horas do dia, os passageiros já estão viajando com a nova empresa. As providências para que os ônibus começassem a rodar um dia antes da programação oficial estabelecida permitiram que os usuários não ficassem sem o transporte, especialmente moradores de Ladário que se deslocam logo cedo para Corumbá.

Cada ônibus está circulando com o motorista e mais três funcionários, em uma força-tarefa para orientar e auxiliar os passageiros. Os veículos, modernos, contam com sistema de bilhetagem eletrônica. Como muitos passageiros ainda têm bilhetes de papel comprados da antiga empresa, neste primeiro dia a substituição está sendo feita dentro do próprio ônibus, no momento do embarque. A orientação para a viagem a partir dos próximos dias é a troca nos guichês da Andorinha, em Ladário e Corumbá. Para quem vai adquirir novas passagens, o procedimento é o mesmo: procurar o atendimento da Andorinha para adquirir o cartão eletrônico e fazer a recarga. É este cartão que será utilizado a partir de agora em todas as viagens na linha.

A Andorinha está operando com quatro ônibus de característica urbana, com 41 assentos e capacidade total de até 78 passageiros, o que moderniza a frota em relação à estrutura anterior, quando as más condições dos carros eram fonte de constantes reclamações.

Equipe técnica da Agepan está na cidade há dois dias coordenando a transição e acompanha o andamento desta fase inicial da entrada em operação.

Informações ao Passageiro

O diretor de Transportes da Agência, Ayrton Rodrigues, destaca que, com a substituição da prestadora de serviço, é muito importante o usuário ficar atento. “Toda essa mudança está sendo feita em benefício do usuário, visando trazer qualidade ao serviço. Então é importante que quem utiliza o transporte conheça seus direitos, seus deveres e possa usufruir da melhor forma”.

– O esquema operacional que será executado não sofreu alteração por enquanto. Isso significa que os horários de saída de Ladário e Corumbá e a previsão de parada nos pontos autorizados ainda são os mesmos. O descumprimento de horário pela antiga operadora costumava ser uma das principais reclamações dos usuários, e com a expectativa de maior eficiência da nova transportadora, esses horários tendem a ser cumpridos com mais rigor.

– Passageiros que têm bilhetes da Viação Canarinho, assim como empresas que compraram lotes de vale-transporte para seus funcionários, terão prazo até 10 de fevereiro para fazer a troca em qualquer guichê da Viação Andorinha, sem custo.  O novo sistema é eletrônico, e requer a aquisição de um cartão, onde o usuário faz uma carga da quantidade de passagens desejada.

– Não houve alteração quanto a benefícios de gratuidades legais. Mas os usuários devem ficar atentos às orientações dos funcionários sobre a devida identificação para usufruir desses benefícios.

– O telefone do Serviço de Atendimento ao Cliente da concessionária é 0800 704 8780; para deficientes auditivos ou de fala, o número é o 0800 703 5203. São esses números que o usuário deve utilizar em caso de dúvida sobre o serviço

– Para outras dúvidas, sugestões e reclamações em caso de não ter o problema solucionado pela operadora, a Ouvidoria da Agepan atende pelo telefone 0800 600 0506, ou a queixa pode ser registrada direto no sistema eletrônico e-Ouvidoria http://ouvidoria.agepan.ms.gov.br/

Foto: Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) – Divulgação

Sistema de Transporte

A substituição da operadora na Linha Corumbá – Ladário é um dos primeiros resultados do reordenamento do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros iniciado pelo Governo do Estado.

Ações como essa, adotada pela Agepan, caminham em paralelo à elaboração do Plano Diretor de Transporte Coletivo (PDTC), coordenado em conjunto com a Secretaria de Infraestrutura. A finalização do Plano e a consequente licitação geral das linhas deverá acontecer até outubro de 2022. Nesse período, conforme acordo firmado pelo Estado com o Ministério Público Estadual, a Agência tem o compromisso de analisar individualmente o desempenho de cada operadora e definir pela emissão ou não da chamada Autorização Precária.

O prazo para as empresas requererem a Autorização temporária venceu no fim de dezembro, e a Viação Canarinho demonstrou não ter condições de manter as operações na linha, optando por não requerer a permanência. O Plano de Melhorias determinado pela Agepan e que também teria participação da Prefeitura não avançou, e a Agência definiu pela troca de operadora.

Com informações da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan)