MT: Funcionários da Verde Transportes realizam manifestação em Cuiabá

MT: Funcionários da Verde Transportes realizam manifestação em Cuiabá

24 de janeiro de 2020 Off Por revistadoonibus

CUIABÁ – Rodoviários e funcionários da empresa Verde Trasportes, realizaram na manhã desta sexta-feira (24), uma manifestação em frente a garagem da empresa que fica localizada na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, por não estarem recebendo o pagamento das verbas rescisórias, que a empresa deveria estar pagando, aos 160 funcionários demitidos.

Depois que a empresa não se posicionou sobre a situação, referente aos pagamentos em atrasos, o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários da Baixada Cuiabana – Sintrobac, convocou na manhã desta sexta-feira (234), uma manifestação em frente a garagem da empresa.

Em um vídeo que circula nas redes sociais e também em grupos de mensagens por aplicativo, mostra o clima tenso na região, no momento em que os funcionários chegam na rua da garagem da empresa de ônibus.

Segundo o Sintrobac, a categoria participou das negociações buscando garantir o pagamento de todos os direitos dos funcionários demitidos, no entanto o acordo não está sendo cumprido. 

O sindicato que representa os rodoviários, disse em nota que firmou um acordo junto a Justiça do Trabalho, com a participação do sindicato, em que ficou estabelecido um calendário de pagamento de todas as rescisões. “Ocorre que a empresa Verde Transportes pagou apenas duas parcelas — novembro e dezembro de 2019 — e simplesmente deixou de pagar a partir desse mês de janeiro”.

O presidente do Sintrobac, Edval Luiz, confirmou que outras manifestações estão sendo realizadas nas garagens da empresa no interior do estado. 

“Trata-se de uma grande injustiça para com os trabalhadores, que hoje, após a demissão, estão sem emprego e têm suas famílias para sustentar. Não nos resta outra atitude a não ser a mobilização da categoria contra essa injustiça”, afirmou. 

“Vamos cobrar que a empresa cumpra o combinado junto à Justiça do Trabalho e retome imediatamente o pagamento das parcelas acordadas”, ressalta o líder da categoria. 

Verde Transportes se posiciona

A Verde Transportes informou ao sindicato dos rodoviários que em função do seu pedido de recuperação judicial não foi mais possível continuar com o calendário de pagamento que previa o acordo.

Com informações do Hiper Notícias