Maceió: Rodoviários da Veleiro encerram paralisação e SMTT lacra 49 ônibus

Maceió: Rodoviários da Veleiro encerram paralisação e SMTT lacra 49 ônibus

21 de janeiro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

MACEIÓ – Chegou ao fim a paralisação dos rodoviários da Auto Viação Veleiro, iniciada na manhã desta terça-feira (21). Cerca de 600 rodoviários estavam de braços cruzados, porém, decidiram retornar ao trabalho, mesmo não tenho suas reivindicações atendidas, durante uma audiência nesta manhã na sede do Ministério Público do Trabalho.

Os rodoviários reivindicam o pagamento de salário e benefícios que estariam atrasados, como o pagamento da segunda quinzena de dezembro, o tícket alimentação de janeiro, o pagamento de férias, além de a empresa não estar repassando os valores de pensão alimentícia descontados das contas dos funcionários.

Ainda de acordo com os rodoviários, a Auto Viação Veleiro, não estaria depositando o dinheiro do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, com relato de funcionários sem ter depósito do FGTS há seis anos.

Os representantes da empresa de ônibus e o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro) não chegaram há um acordo, e deverão se reunir mais uma vez.

A Auto Viação Veleiro prometeu que realizaria o pagamento do tick alimentação ainda nesta terça-feira (21), e que até o dia 30 de janeiro, o pagamento dos funcionários deverão ser regularizados.

SMTT Lacra 49 ônibus

Uma operação de fiscalização realizada na manhã desta terça-feira (21), realizada pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) retirou 49 ônibus de circulação, após agentes encontrarem irregularidades que colocam em risco a vida da população nos ônibus da Auto Viação Veleiro.

Segundo Sandro Régis, que é o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro), a empresa terá apenas 20 carros para atender as demandas dos usuários que dependem da empresa.

“Muitos funcionários já não acreditam mais na empresa, mas precisamos respeitar o que foi acordado e aguardar como eles irão se comportar perante o acordo que foi firmado graças a intervenção do gerenciamento de crises da Polícia Militar que tem sido muito parceiro da categoria”, disse Sandro Régis.

A Auto Viação Veleiro ainda não comentou sobre a fiscalização da Prefeitura de Maceió