Maceió: Justiça manda recolher ônibus da Auto Viação Veleiro nesta sexta-feira 17

Maceió: Justiça manda recolher ônibus da Auto Viação Veleiro nesta sexta-feira 17

17 de janeiro de 2020 Off Por Redação Revista do Ônibus

MACEIÓ – Movimento intenso na manhã desta sexta-feira (17), na garagem da Auto Viação Veleiro. Desta vez, por conta de um mandado de busca e apreensão expedido pelo Tribunal de Justiça de Alagoas, para o recolhimento de alguns veículos da empresa. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas – Sinttro, confirmou a informação.

Foto: Almir Custódio Melo – Arquivo Pessoal – Divulgação

As primeiras informações, é de que ao menos cinco ônibus tinham deixando a garagem da empresa, localizada no bairro Trapiche da Barra, em Maceió. No fim da manhã, foi confirmado que apenas três coletivos tinham sido apreendidos.

Nas redes sociais, é possível ver um vídeos onde mostra os coletivos sendo retirados da garagem da empresa, por oficiais de justiça, depois que a empresa não teria cumprido o acordo financeiro com um banco.

O clima na garagem é tenso, já que há informações de que 30 coletivos, sejam levados do local. A Auto Viação Veleiro ainda não comentou o assunto. A empresa segue em crise.

Uma reunião para tratar da situação da empresa está acontecendo nesta manhã entre representantes da Viação Veleiro e da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT). Ao término do encontro, uma nota será divulgada, já que a imprensa não pode acompanhar o encontro. 

Desde esta quinta-feira (16), boatos de que a Veleiro seria fechada se espalharam pelas redes sociais. O assunto foi tratado pela empresa e pelo sindicato dos rodoviários como notícia falsa. 

Foto: Almir Custódio Melo – Arquivo Pessoal – Divulgação

Paralisação de funcionários

Além do problema com o banco, em que acabou levando alguns veículos, a Auto Viação Veleiro, que atende 15 linhas municipais de Maceió, segue com 60 ônibus parados em sua garagem, depois que rodoviários realizaram uma paralisação por falta de pagamento de salários.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas (Sinttro/AL), os pagamentos de dezembro estão atrasados, assim como os tíquetes de alimentação.

Com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas – Sinttro/AL