RJ: Transportes Flores já teve 58 ônibus usados em barricadas na guerra do tráfico de drogas

RJ: Transportes Flores já teve 58 ônibus usados em barricadas na guerra do tráfico de drogas

18 de dezembro de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELFORD ROXO E SÃO JOÃO DE MERITI – A guerra urbana que vive o Rio de Janeiro e a Baixada Fluminense, tem deixando passageiros e rodoviários com medo quando precisam embarcar nos coletivos. Segundo um levantamento feito pela Transportes Flores, 58 ônibus da linha 469I – Santa Tereza x Pavuna, já foram usado por bandidos como barricadas a mando dos traficantes para impedir o acesso dos policiais à região.

Foto: Reprodução de TV

No início de dezembro, o Globocop flagrou quatro ônibus da linha parados em ruas do Complexo de Santa Teresa, em Belford Roxo, como barricadas. Um dos motoristas afetados, que não quis se identificar, afirma que a possibilidade de tiroteios é a principal preocupação, quando está dirigindo o ônibus.

“Eles pedem para atravessar o carro e todo mundo tem que desembarcar. Aí cada um é por si, tem que se refugiar em algum lugar. Pode começar um grande tiroteio ali naquele momento“, diz. Segundo moradores, até a coleta de lixo é prejudicada pela ação dos traficantes.

Foto: Reprodução – TV Globo

Ainda segundo um levantamento feito pela empresa, 71% dos condutores apontaram a violência urbana como o principal medo no trabalho. Metade tem medo de assaltos e 32% de tiroteios.

Desde janeiro de 2018, 10 motoristas foram afastados de suas funções por consequências psicológicas como estresse pós-traumático e violência física.

Além dos motoristas, os passageiros também são prejudicados. Segundo a Transportes Flores, na ação em Belford Roxo, os veículos ficaram parados no local por aproximadamente 7 horas na região em que 100 mil pessoas precisam do transporte mensalmente para se locomover.

Com informações da Polícia Militar e TV Globo