Passageiros Idosos dormem na Rodoviária do Tietê para conseguir passagem interestadual gratuita

Passageiros Idosos dormem na Rodoviária do Tietê para conseguir passagem interestadual gratuita

16 de dezembro de 2019 Off Por revistadoonibus

SÃO PAULO – Não bastasse o cansaço da idade, idosos da cidade de São Paulo e demais cidades do estado, que buscam passagens interestaduais gratuitas, pelo Estatuto do Idoso, precisam passar por humilhação tendo que madrugar em fila para tentar a gratuidade no Terminal Rodoviário do Tietê, considerado o maior terminal rodoviário do Brasil, administrado pela Socicam.

Uma reportagem da TV Globo, mostrou nesta manhã de segunda-feira (16), diversos idosos com mais de 60 anos de idade e renda de até dois salários mínimos, cujo têm direito a passagem gratuita em ônibus, passando a madrugada na rodoviária da capital paulista, localizada na Zona Norte da cidade. Os idosos chegam de madrugada em busca de garantir o benefício logo que ocorra a abertura dos guichês às 6h da manhã.

Na fila de espera estão, por exemplo, o aposentado João Nascimento, de 64 anos, Alice, de 65 e a babá Caroline de Jesus Lima, de 19, que veio acompanhar a mãe, Maria da Glória, de 64 anos, para pegar a passagem.

“Ela é uma senhora de idade, não dá pra deixar ela sozinha aqui. Trabalhei hoje, amanhã vou ter que trabalhar, é cansativo“, disse Caroline.

“Eu cheguei aqui pra comprar a ida… cheguei era tipo 5h10, por aí… aí fiquei na fila, quando cheguei na pessoa lá pra comprar já não tinha mais”, disse João.

Foto: Reprodução – TV Globo

Segundo João, os próprios atendentes avisam que é necessário dormir na rodoviária para conseguir o direito. “Porque se não, não consegue”.

O Estatuto do Idoso diz que as empresas “devem reservar aos idosos dois assentos gratuitos em cada ônibus convencional”. Se eles já estiverem ocupados, o idoso recebe um desconto de no mínimo 50% na passagem.

Respostas sem solução aos clientes idosos

A Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, disse que está atenta ao descumprimento de ações como essa, e que vem fiscalizando as empresas de ônibus.

A Socicam que administra a Rodoviária do Tietê informou que, quando o terminal rodoviário foi criando, o espaço onde estão os guichês, mostrados na reportagem, foi criando para da vazão ao fluxo de passageiros, e que poltronas foram instaladas próximo em outro corredor.

A Gontijo Transportes, também conhecida como Viação Gontijo, informou que o guichê da empresa segue aberto todos os dias de 6h até meia-noite, e que não há necessidade de os idosos dormirem na fila para conseguir as passagens com gratuidade.

Os passageiros idosos, seguem reclamando do atendimento da empresa Gontijo e demais empresas de ônibus que atendem no Terminal Rodoviário do Tietê. Vergonhosa essa situação!