RJ: Protesto de moradores fecha a BR-393 em Barra do Piraí

RJ: Protesto de moradores fecha a BR-393 em Barra do Piraí

14 de dezembro de 2019 Off Por revistadoonibus

BARRA DO PIRAÍ – Moradores da cidade de Barra do Piraí, no Sul Fluminense, realizaram um protesto por volta der 10h30, deste sábado (14), na altura do km 268 da BR-393, contra uma recente decisão judicial que determinou o pagamento de pedágio para quem mora dos nos distritos de Dorândia, Califórnia, Vargem Alegre e São José do Turvo.  A tarifa estava suspensa desde 2017. A medida afeta 700 moradores e foi tomada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o manifesto foi tranquilo e terminou por volta das 11h45.

Os moradores se organizaram através das redes sociais e grupos de mensagens por aplicativos e de reuniram no trecho de Dorândia, de onde seguiram com dezenas de veículos para a praça de pedágio na altura do KM 265. Por alguns momentos, a rodovia ficou fechada nos dois sentidos.

Decisão judicial

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região autorizou o restabelecimento da cobrança de pedágio. Não cabe recurso contra a decisão do TRF da 2ª Região. A implementação ocorreria a partir da zero hora de 1º de dezembro (domingo), mas foi transferida para o dia 10 pela Kinfra, Concessionária que administra a BR-393, para que houvesse mais tempo para as pessoas se prepararem.

Em sua decisão, o desembargador federal José Antônio Lisboa Neiva aponta que a suspensão da isenção não se conjura uma violação do direito de ir e vir dos moradores de Barra do Piraí, pois existe via alternativa para uso. Já os moradores dizem que esse caminho alternativo é uma estrada que tem 7,5 quilômetros, mas não está em bom estado, é de terra.

A Prefeitura de Barra do Piraí, não se manifestou sobre a situação desse caminho alternativo, até a publicação desta reportagem.

Com informações da Polícia Rodoviária Federal e Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro