Rodoviários da Grande Vitória descartam paralisação após aceitarem proposta

Rodoviários da Grande Vitória descartam paralisação após aceitarem proposta

4 de dezembro de 2019 0 Por revistadoonibus

VITÓRIA – Está descartada a paralisação dos rodoviários da Grande Vitória, após a categoria e os empresários do transporte, aceitarem a proposta da desembargadora Ana Paula Tauceda Branco, presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo, que concedeu aumento de 3,04%, valor menor que funcionários queriam, que seria de 9% no reajuste dos seus vencimentos e maior que o aumento oferecido pelos donos das empresas de ônibus que foi de 2,54% de aumento.

Para evitar um desgaste ainda maior e evitar com isso a paralisação, os empresários cederam a proposta do TRT-ES, com isso a paralisação fica descartada imediatamente. Mais cedo, como informamos aqui, uma reunião para homologar o acordo entre as partes, foi realizada e a categoria já aceitaram o aumento de 3,04%, faltando apenas os empresários se manifestar, o que ocorreu em outra reunião no período da tarde.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória -GVBus, divulgou uma nota no final da tarde, sobre o desfecho das negociações.

Segue a nota na íntegra:

Apesar de o acordo firmado na tarde desta quarta-feita com o Sindirodoviários ter ficado acima do que as empresas estavam oferecendo, os empresários entenderam o momento e se convergiram num grande esforço e atenderam os apelos feitos pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) e pelo Ministério Público do Trabalho no Espírito Santo (MPT-ES). Assim, resolveram conceder o reajuste proposto pela presidente do TRT-ES, a desembargadora Ana Paula Tauceda Branco, de 3,04%. Esforço este que teve como finalidade evitar transtornos à população.

As empresas agradecem o empenho da presidente do TRT-ES, dos procuradores do trabalho Maria de Lourdes Hora Rocha e Levi Scatolin, e do juiz do trabalho Luíz Eduardo Casado, que participaram desse momento de conciliação. Além disso, consideramos madura a decisão do Sindirodoviários, que também aceitou o que foi proposto pela justiça. Esperamos que em próximas negociações consigamos nos entender de forma direta. Com certeza os maiores beneficiados por isso são os nossos clientes, que dependem dos ônibus para ir e vir. Por isso, entendemos que o desfecho dessa negociação foi positivo para todos.

Com informações da TV gazeta, Sindirodoviários e GV Bus