Rodoviária de Belo Horizonte segue movimentada no fim do feriadão

Rodoviária de Belo Horizonte segue movimentada no fim do feriadão

17 de novembro de 2019 Off Por revistadoonibus

BELO HORIZONTE – A saída de Belo Horizonte pela Rodoviária da capital segue com fluxo intenso na tarde e seguirá assim também durante a noite. Há poucas passagens para Vitória, Guarapari, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas e São Paulo.

A estimativa da administração do terminal é que até esta segunda-feira (18), passem mais de 181 mil passageiros. Estima-se que sejam realizadas mais de 4.000 partidas e mais de 3.900 chegadas. Também está previsto que cerca de 96 mil passageiros deixem a capital mineira no feriado.

Os dias de maior movimento para embarque serão quinta-feira (13), domingo (17) e segunda-feira (18), totalizando mais de 57 mil saídas. Para os desembarques, os dias de maior movimento são segunda-feira (18), domingo (17) e sexta-feira (15), com mais de 51 mil chegadas.

Os destinos mais procurados são São Paulo, São José dos Campos, Ribeirão Preto e Campinas, em São Paulo; Rio de Janeiro e a cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro; Guarapari, Anchieta, Conceição da Barra e Vitória, no Espírito Santo; Brasilia.

Em Minas Gerais, destinos mais procurados são Governador Valadares, Teófilo Otoni, Conselheiro Lafaiete, Juiz de Fora, Patos de Minas, Montes Claros, Ouro preto, São João Del-Rei e Diamantina.

Para organizar o fluxo de veículos na chegada e saída da rodoviária, a BHTrans faz intervenções na região central até segunda-feira (18). A operação também via prevê ruma área de estocagem para ônibus rodoviários ao longo da Avenida do Contorno.

Proibição de estacionamento

  • Rua Rio Grande do Sul, entre Avenida do Contorno e rua dos Tupinambás (somente lado direito)
  • Rua Saturnino de Brito, em toda a extensão, no sentido da via (lado direito), com desativação de carga e descarga.
  • Rua Paulo de Frontin, entre Rua Acre e Rua dos Guaranis, no sentido da via (lado direito)

Fechamentos operacionais

  • Rua Paulo de Frontin, com Avenida Olegário Maciel, sob Viaduto B
  • Rua Paulo de Frontin, com Rua Acre, somente trânsito locl
  • Rua Paulo de Frontin, com Rua dos Guaranis, permitindo a saída do estacionamento
  • Rua dos Caetés com Avenida do Contorno, canalização, criando a direita livre
  • Viaduto B, fechamento alça da Rua dos Caetés
  • Canalização de saíde do estacionamento superior para acesso à rua dos Guaranis e ou plataforma inferior e veículos vindos da plataforma superior para passagem pelo estacionamento inferior/contra-fluxo na rua Paulo de Frontin. Essa saída em direção à rua 21 de Abril será a mesma para veículos que acessarem o estacionamento inferior e taxistas.

Para chegada

  • Na Avenida Olegário Maciel com rua dos Caetés, vindo do viaduto B, alça avenida Pedro II, será feito bloqueio operacional com desvio via rua dos Carijós, somente para ônibus rodoviário, com o objetivo de evitar que não desrespeitem a fila de desembarque.
  • Na rua dos Caetés com rua dos Guaranis, ônibus rodoviário vindo do viaduto B – alça avenida Antônio Carlos deverá mudar de faixa (abertura da mureta do viaduto – alça avenida Pedro II), com o objetivo de acessar a avenida do Contorno para a fila de desembarque. Caso efetuado o fechamento na avenida Olegário Maciel com rua dos Caetés (descrito acima), esses ônibus deverão seguir na avenida e convergir à direita, acessando a rua dos Carijós até a avenida do Contorno.
  • Avenida do Contorno com rua 21 de Abril, os agentes devem garantir a fluidez na avenida do Contorno, em ambos os sentidos.
  • Na rua Paulo de Frontin com avenida Olegário Maciel, serão priorizados o trânsito da rua Paulo de Frontin, devido ao grande número de ônibus com intenção de acessar a área de desembarque. Também serão ordenados os acessos à rodoviária, permitindo apenas ônibus e táxi. Os veículos que não queiram acessar a rodoviária deverão seguir pela avenida Olegário Maciel.
  • Rua Paulo de Frontin, entre avenida Olegário Maciel e rua Acre, acesso somente trânsito local.
  • Ônibus “Rodoviária Desembarque” serão estocados na faixa à esquerda da avenida do Contorno (junto à mureta do Ribeirão Arrudas), preservando as conversões à esquerda na rua Rio Grande do Sul (mão inglesa) e rua dos Caetés, acesso para Corpo de Bombeiros e Restaurante Popular.