Rodoviária de Belo Horizonte segue movimentada no fim do feriadão

Rodoviária de Belo Horizonte segue movimentada no fim do feriadão

17 de novembro de 2019 Off Por Redação Revista do Ônibus

BELO HORIZONTE – A saída de Belo Horizonte pela Rodoviária da capital segue com fluxo intenso na tarde e seguirá assim também durante a noite. Há poucas passagens para Vitória, Guarapari, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas e São Paulo.

A estimativa da administração do terminal é que até esta segunda-feira (18), passem mais de 181 mil passageiros. Estima-se que sejam realizadas mais de 4.000 partidas e mais de 3.900 chegadas. Também está previsto que cerca de 96 mil passageiros deixem a capital mineira no feriado.

Os dias de maior movimento para embarque serão quinta-feira (13), domingo (17) e segunda-feira (18), totalizando mais de 57 mil saídas. Para os desembarques, os dias de maior movimento são segunda-feira (18), domingo (17) e sexta-feira (15), com mais de 51 mil chegadas.

Os destinos mais procurados são São Paulo, São José dos Campos, Ribeirão Preto e Campinas, em São Paulo; Rio de Janeiro e a cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro; Guarapari, Anchieta, Conceição da Barra e Vitória, no Espírito Santo; Brasilia.

Em Minas Gerais, destinos mais procurados são Governador Valadares, Teófilo Otoni, Conselheiro Lafaiete, Juiz de Fora, Patos de Minas, Montes Claros, Ouro preto, São João Del-Rei e Diamantina.

Para organizar o fluxo de veículos na chegada e saída da rodoviária, a BHTrans faz intervenções na região central até segunda-feira (18). A operação também via prevê ruma área de estocagem para ônibus rodoviários ao longo da Avenida do Contorno.

Proibição de estacionamento

  • Rua Rio Grande do Sul, entre Avenida do Contorno e rua dos Tupinambás (somente lado direito)
  • Rua Saturnino de Brito, em toda a extensão, no sentido da via (lado direito), com desativação de carga e descarga.
  • Rua Paulo de Frontin, entre Rua Acre e Rua dos Guaranis, no sentido da via (lado direito)

Fechamentos operacionais

  • Rua Paulo de Frontin, com Avenida Olegário Maciel, sob Viaduto B
  • Rua Paulo de Frontin, com Rua Acre, somente trânsito locl
  • Rua Paulo de Frontin, com Rua dos Guaranis, permitindo a saída do estacionamento
  • Rua dos Caetés com Avenida do Contorno, canalização, criando a direita livre
  • Viaduto B, fechamento alça da Rua dos Caetés
  • Canalização de saíde do estacionamento superior para acesso à rua dos Guaranis e ou plataforma inferior e veículos vindos da plataforma superior para passagem pelo estacionamento inferior/contra-fluxo na rua Paulo de Frontin. Essa saída em direção à rua 21 de Abril será a mesma para veículos que acessarem o estacionamento inferior e taxistas.

Para chegada

  • Na Avenida Olegário Maciel com rua dos Caetés, vindo do viaduto B, alça avenida Pedro II, será feito bloqueio operacional com desvio via rua dos Carijós, somente para ônibus rodoviário, com o objetivo de evitar que não desrespeitem a fila de desembarque.
  • Na rua dos Caetés com rua dos Guaranis, ônibus rodoviário vindo do viaduto B – alça avenida Antônio Carlos deverá mudar de faixa (abertura da mureta do viaduto – alça avenida Pedro II), com o objetivo de acessar a avenida do Contorno para a fila de desembarque. Caso efetuado o fechamento na avenida Olegário Maciel com rua dos Caetés (descrito acima), esses ônibus deverão seguir na avenida e convergir à direita, acessando a rua dos Carijós até a avenida do Contorno.
  • Avenida do Contorno com rua 21 de Abril, os agentes devem garantir a fluidez na avenida do Contorno, em ambos os sentidos.
  • Na rua Paulo de Frontin com avenida Olegário Maciel, serão priorizados o trânsito da rua Paulo de Frontin, devido ao grande número de ônibus com intenção de acessar a área de desembarque. Também serão ordenados os acessos à rodoviária, permitindo apenas ônibus e táxi. Os veículos que não queiram acessar a rodoviária deverão seguir pela avenida Olegário Maciel.
  • Rua Paulo de Frontin, entre avenida Olegário Maciel e rua Acre, acesso somente trânsito local.
  • Ônibus “Rodoviária Desembarque” serão estocados na faixa à esquerda da avenida do Contorno (junto à mureta do Ribeirão Arrudas), preservando as conversões à esquerda na rua Rio Grande do Sul (mão inglesa) e rua dos Caetés, acesso para Corpo de Bombeiros e Restaurante Popular.