Em Fortaleza, passageiros reclamam do aumento nas passagens intermunicipais

Em Fortaleza, passageiros reclamam do aumento nas passagens intermunicipais

14 de novembro de 2019 Off Por revistadoonibus

FORTALEZA – Moradores e passageiros que utilizam os ônibus para viagens entre a Fortaleza e Região Metropolitana até cidades do interior do estado, já estão sentindo no bolso, o aumento na tarifa de ônibus, que desde o último dia 18 de outubro, passou ficar mais cara.

O aumento foi aprovado pelo Conselho Diretor da Agência Reguladora do Estado do Ceará – Arce, juntamente com a participação do Sindiônibus e demais entidades ligadas ao transporte.

A tarifa de ônibus entre Fortaleza e o município de Cascavel e Pacajus, trecho que é operado pela Viação São Benedito, que fica 70 quilômetros de distância da capital, que antes era de R$ 9,40, hoje passa ser cobrado em R$ 10,85.

As empresas que operam outros trechos dentro do estado, como Auto Viação Metropolitana, Expresso Guanabara, Viação Princesa dos Inhamuns e Fretcar Transportes Rodoviários, seguem operando viagens com tarifas mais caras.

Em nota, a Agência Reguladora do Estado do Ceará – Arce informou que a revisão tarifária, é normal.

“Conforme preveem os contratos de concessão vigentes, cabe à Agência Reguladora realizar a revisão tarifária de acordo com os pareceres da Coordenadoria Econômico Tarifária e da Coordenadoria de Transportes que, juntas, analisam os parâmetros técnicos e coeficientes de consumo visando as possíveis alterações nas tarifas das linha”, indica o texto.

Ainda segundo a Arce, o aumento é parte da atuação da agência no sentido de contribuir para melhorias na qualidade dos serviços prestados.

Com informações da Arce e Diário do Nordeste