Chuva deixa rodovias de Vitória e Região Metropolitana alagadas

Chuva deixa rodovias de Vitória e Região Metropolitana alagadas

13 de novembro de 2019 Off Por revistadoonibus

VITÓRIA – Desde a noite desta terça-feira (12), uma forte chuva atinge a Região Metropolitana de Vitória, criando alagamentos rua diversas ruas e também nas principais rodovias da região. Com o aumento da chuva na madrugada desta quarta-feira (13), piorando a situação na região.

Ao menos três pontos de alagamentos foram registrados na BR-101, criando dois pontos de interdição na rodovia que liga a região Sul a região norte do estado. Perla manhã, algumas linhas do Sistema Transcol sofreram atrasos devido aos pontos de alagamentos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os alagamentos acontecem em Laranjeiras, na Serra, e em Viana. O trânsito segue em lentidão pela rodovia.

Os maiores acumulados de chuva foram registrados em Viana, Fundão, Cariacica, Anchieta, São Mateus, Vitória e Vila Velha.

Viana

Em Viana, uma das pistas da BR-262 está completamente alagada. Caminhões conseguem passar, mas os carros pequenos têm dificuldade. O trânsito está parado. Há risco de inundação no município.

Vitória

Em Vitória, na madrugada desta quarta, foram registrados pontos de alagamento nas avenidas Reta da Penha, Leitão da Silva e César Hilal. A Defesa Civil alerta para o risco de inundação nos bairros da cidade.

No bairro Mata da Praia, o telhado de dois apartamentos desabou por conta do temporal. Na manhã desta quarta, uma equipe da Defesa Civil irá ao local verificar a estrutura do prédio.

Vila Velha

Já em Vila Velha, no bairro Nova América, a situação amanheceu complicada para os moradores. As ruas ficaram completamente alagadas. Somente veículos maiores conseguiam passar. Quem precisou sair de casa, enfrentou água na altura dos joelhos.

Cariacica

No bairro Rio Marinho, em Cariacica, os moradores relataram que ruas e casas ficaram alagadas. Uma moradora contou que na casa dela tem mais de um metro de água. “A situação é complicada. Um metro de água. É trabalhar para sofrer”, desabafou a moradora.

Apesar da chuva, os ônibus urbanos e rodoviários seguem circulando normalmente nas cidades atingidas, podendo ter que mudar a rota, para evitar ruas alagadas.

Até às 10h20, a equipe da Polícia Rodoviária Federal, divulgou os locais da BR-101 que consta com alagamentos, como podemos ver na publicação do Twitter na corporação, abaixo:

Com informações da Polícia Rodoviária Federal, TV Gazeta e Governo do Estado do Espírito Santo