ônibus Blog da Redação Cidades Fim de Ano Fiscalização São Paulo Trânsito Viajando de Ônibus

Cubatão: Moradores reclamam da Viação Fênix por péssimo atendimento

CUBATÃO – Com a mudança de empresa no serviço de transporte urbano municipal, que vem renovando a frota de ônibus e micro-ônibus, moradores da cidade Cubatão, seguem tendo dificuldades para solicitar a compra de crédito ou fazer o cartão de transporte junto a Viação Fênix que assumiu o transporte na cidade no último dia 2.

Os moradores reclamam de atrasos no atendimento, rejeição para embarcar idosos e até maus-tratos por parte de alguns funcionários da nova empresa na cidade.

A Tv Tribunal, afiliada da Tv Globo, informa que uma lojista, que prefere não se identificar, relatou que o balcão de atendimento da empresa tem fila o dia todo e que as pessoas chegam a ser destratadas. “Vemos muito descaso com as pessoas idosas e deficientes. Uma pessoa idosa, acima de 65 anos, não conseguiu fazer o cartão e a empresa não autoriza a entrada só com o RG, isso é ilegal. Às vezes, não tem dinheiro para pegar um condução, dinheiro para comer”.

Uma ex-paciente oncológica, que também pediu sigilo no nome, informou que foi impedida de solicitar isenção na taxa do transporte público. Ela alega que tinha acesso à esse benefício na antiga empresa. “Eu tive câncer de mama. Faço exames frequentemente e passo por atendimento médico. Tenho a carteirinha da empresa de transporte intermunicipal e tinha a da antiga viação”, fala.

A mulher ainda disse que, quando foi fazer solicitar uma nova carteirinha, junto a Fênix, com o laudo do oncologista, foi mau tratada por um funcionário. Ele teria dito não pode atendê-la porque precisava de um laudo do INSS. “Ele ainda falou que a empresa não considerava câncer como uma doença. Fiquei muito constrangida”, finaliza.

Já para o montador de andaime, Thiago da Silva Lima, a demora no atendimento e a desorganização foi o que mais o incomodou, já que teve de ficar na fila por mais de três horas para fazer o novo cartão. “Depois de toda a espera tive que pegar outra fila lá no PAT para transferir os créditos do cartão velho para o novo. Teve muita desorganização, teve mulher grávida esperando muito tempo também e o espaço não era adequado para tanta gente”, relata.

Respostas

Por meio de nota, a Companhia Municipal de Trânsito informou que utiliza como parâmetro o Decreto Federal 5296/2004, que regulamenta a gratuidade no transporte coletivo. No âmbito do transporte municipal, ficou acordado entre a municipalidade e a Viação Fênix que o decreto em questão servirá de parâmetro quanto à gratuidade.

No caso de pacientes e ex-pacientes oncológicos, desde que seja comprovada a redução de mobilidade (total ou parcial) por meio de laudo médico, estes podem requerer a gratuidade do serviço, observadas as exigências legais do decreto.

A Prefeitura de Cubatão informou que já tomou ciência do caso e notificou novamente a empresa Fênix para que providências sejam tomadas para atender melhor os usuários. Em relação ao laudo médico dos portadores de deficiência, a administração pública disse que está acordado entre a Viação Fênix e o poder público que serão aceitos laudos emitidos por médicos da rede pública municipal de saúde.

Em caso de descumprimento desse item, a municipalidade pede que o cidadão denuncie formalmente junto à Companhia Municipal de Trânsito para que as medidas cabíveis sejam tomadas. A prefeitura, por meio da Companhia Municipal de Trânsito, informa, também, que notificou a Viação Fênix, na terça-feira (5), cobrando uma solução para transferência de créditos dos cartões da antiga empresa para os da Fênix.

Na notificação, a CMT reforça o que foi colocado no edital, que não há um limite de valor para a transferência e sim um prazo para a utilização, que é de 30 dias, prazo esse que está estipulado no edital de licitação. Caso a empresa não cumpra o que está acordado, a Prefeitura tomará as medidas cabíveis para o caso, conforme previstas no contrato de concessão.

Ainda segundo a prefeitura, os idosos acima de 60 anos podem utilizar o transporte gratuitamente, apresentando documento original com foto. A Viação Fênix, porém, solicita que todos os idosos façam o cadastramento e obtenham os seus cartões de transporte para gratuidade, já que o sistema de embarque e desembarque dos novos ônibus é feito via cartão de embarque, sistema que, juntamente com o reconhecimento facial, foi adotado para evitar fraudes.

A Viação Fênix ainda não se manifestou até a publicação desta reportagem, para comentar sobre os problemas relatados por seus clientes.

Com informações da TV Tribuna