ônibus Blog da Redação Cidades Fim de Ano Internacional Trânsito Turismo Viajando de Ônibus violência

Chile pode deixar de realizar a Libertadores após conflitos no país

SANTIAGO – Em meio aos conflitos em Santiago e cidades da região metropolitana do Chile, a final da Libertadores, pode não mais ocorrer em Santiago. As cidades de Assunção no Paraguai e Miami no Estados Unidos, são novas opções.

Foto: Reprodução de TV

A Comebol, que é responsável pela partida final entre Flamengo e River Plate, anunciou nesta segunda-feira (4), que realizará nesta terça-feira (5), uma reunião extraordinária com os presidentes do Flamengo e do River Plate, convocando as federações do Brasil, Argentina e Chile, afim de resolver se mudam o local do jogo.

O jornal argentino Olé, afirma que dirigentes da Conmebol preferem tirar a final de Santigo, no Chile, afim de evitar maiores transtorno com novos protesto no país.

Ao que tudo indica, Assunção, deve ser o palco do jogo da Libertadores, por estar mais próximo do Brasil e da Argentina. A cidade vem se tornando favorita, por já ser o palco da final da Sul-Americana, estando prepara para receber um evento como esse. Já Miami, está mais distante, porém, é a cidade cujo a sede das empresas que trabalham com marketing, desenvolvimento estratégico estão localizadas.

Os torcedores brasileiros que já adquiriram passagens aéreas e rodoviárias para o Chile, seguem apreensivos com a mudança de local, faltando poucos dias para o evento.

A mudança da cidade de Santiago, visa a segurança dos torcedores, jogadores e comissão técnica. O Chile, vive uma situação tensa por várias semanas, como já mostramos aqui. Na última semana, metrôs, trens, carros e ônibus foram incendiados, assim como prédios e estabelecimentos comerciais, em manifestações bastante violentas.

Chilenos convocam protesto durante o jogo da libertadores

De acordo com a a emissora ‘TNT Sports’, da Argentina, a hashtag #NoHayCopa está sendo usada para convidar os manifestantes a cercarem o estádio Nacional de Santiago, palco da decisão, e impedirem a chegada dos ônibus das delegações. A imagem que viralizou nas redes menciona torcidas importantes chilenas, como a  “La Garra Blanca” (Colo Colo) e “Los Cruzados” (Universidad Católica), como participantes do protesto.

O transporte público segue funcionando em Santigo e demais cidades da Região Metropolitana. Os ônibus que partem do Brasil e da Argentina com destino a Santiago, seguem a programação normal, não tendo nenhum registro de cancelamentos por falta de segurança, até o momento.

Com informações do Jornal Olé e Agências