ônibus Bahia Cidades Justiça Mercado Nordeste Trânsito Viajando de Ônibus

Viação Itapemirim vende imóveis para pagar dívidas

SÃO PAULO – A Viação Itapemirim que segue atravessando uma Recuperação Judicial, vai vender alguns imóveis para sanar parte de suas dívidas. A 1ª Vara de Falência e Recuperações Judiciais de São Paulo, já autorizou a empresa realizar o leilão de dois imóveis.

Aos interessados, um dos imóveis da Viação Itapemirim que está à venda é uma área de é uma área de 50.000 m², situada na BR 116, no distrito de Iguá, em Vitória da Conquista, na Bahia. A propriedade possui lance inicial de R$ 7.717.521,06. O outro lote é de uma área desmembrada, de 16.371,31 m², à margem da BR-101, no Córrego do Panelinha, Camacã, também na Bahia. Neste caso, o valor mínimo é de R$ 10.364,31.

Os lances de ofertas, devem ser feitos entre os dias 27 de novembro a 17 de dezembro de 2019, às 15h, pelo site TM Leilões. De acordo com a Viação Itapemirim, os interessados na compra dos imóveis, precisam estar cadastrados e habilitados no site até às 13h do dia do início do pregão.

De acordo com o edital da venda dos imóveis, os mesmo serão vendidos no estado de conservação atual, e será de responsabilidade do comprador, providenciar os tramites e despesas relativas à transferência e vistoria do imóvel adquiridos. A boa notícia, é que ainda de acordo com o edital, os imóveis, estarão livres de débitos, inclusive os de natureza tributária e trabalhista, exceto se o arrematante tiver alguma relação com a massa falida.

Sobre a recuperação judicial

A recuperação judicial da Viação Itapemirim que já foi considerada como a maior empresa de ônibus do Brasil, começou em março de 2016. Em dezembro do mesmo ano, a Itapemirim acabou vendendo algumas linhas para um grupo de investidores de São Paulo, porém, o negócio acabou sendo alvo de ação na justiça.

Já em maio de 2019, a justiça aprovo o plano de venda de bens da empresa, afim de que com a arrecadação, a empresa possa pagar seus credores.

Confira outras notícias sobre a Viação Itapemirim