ônibus Blog da Redação Cidades Fiscalização São Paulo Terminais Trânsito Viajando de Ônibus

SP: Viação Rápido Luxo Campinas assume emergencialmente linhas em São Roque

SÃO ROQUE – Em meio ao impasse com os funcionários da Viação Roque, que realizaram paralisação por falta de pagamentos no dia 21 de setembro, como já mostramos aqui. De acordo com o sindicato da categoria, os rodoviários da empresa alegam que a empresa não estaria cumprindo dos deveres trabalhistas.

No último dia 9 de outubro, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo – EMTU, disponibilizou uma frota complementar de oito veículos da empresa Rápido Luxo Campinas no sistema Paese, afim de que os passageiros não ficassem sem ônibus na região.

De acordo com a EMTU, os funcionários da Viação São Roque, formam impedidos de deixar a garagem da empresa nesta quarta-feira (24), pelo Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região, afetando diretamente a circulação dos ônibus em cinco linhas que ligam a cidade de São Roque até os municípios de Mairinque, Alumínio e Ibiúna, com 15 ônibus.

Por outro lado, o Sindicato dos Rodoviários, negou que tenha impedido ou orientado funcionários da Viação São Roque de deixar a garagem. A Viação São Roque, por sua vez, ainda não comentou o assunto.

Com esse impasse, a EMTU determinou que os ônibus da Rápido Luxo Campinas, assumissem emergencialmente as linhas da Viação São Roque.

Ao menos oito mil pessoas usam os serviços da Viação São Roque diariamente. Para atender a demanda das cidades da região, a EMTU determinou a substituição dos 15 ônibus da Viação São Roque, pelos carros da Rápido Luxo Campinas. O objetivo é que esses carros sigam a mesma operação com horários que era utilizados pela São Roque.

Também foi determinado que, a partir desta sexta-feira (25), a Rápido Luxo Campinas suprirá de forma emergencial os ônibus da Viação São Roque que não iniciarem a operação nas linhas, respeitando a tabela horária em vigor.

“Equipes técnicas e de fiscalização continuam monitorando a operação na região com o objetivo de atender e preservar a segurança dos passageiros que utilizam o serviço”, finalizou a EMTU.

Com informações da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo – EMTU