ônibus Blog da Redação Cidades Paraná Pedágio Sul Trânsito Vídeo Bus violência

PR: Manifestação em Jataizinho termina em confronto no pedágio

JATAIZINHO – Tumulto e confusão na tarde deste domingo, durante uma manifestação de moradores na Praça de Pedágio de Jataizinho, na BR-369, na Região Metropolitana de Londrina, acabou em confronto, a Polícia Rodoviária Federal chegou precisar usar bombas de efeito moral, para dispersar os manifestantes da rodovia.

A rodovia que é administrada pela Econorte, vem sendo alvo de reclamações de moradores de Jataizinho e cidades vizinhas, pelo preço alto praticado na região. Este é o terceiro protesto registrados nas últimas semanas.

De acordo com informações de uma rádio local, um grupo de manifestantes tentava abrir as cancelas da praça de pedágio a força, quando começou a confusão. Para evitar acidente e problemas na praça de pedágio, a equipe da PRF precisou agir.

As mobilizações ganharam adesão após o reajuste da tarifa do pedágio para R$ 23,70 – elevando a tarifa para a mais alta de todo o Paraná. Vale lembrar que a rodovia não é duplicada e recebe pouco investimento da Econorte, que foi alvo de investigações na Lava Jato por quebra de contratos e pagamento de propina.

Conforme as investigações, a concessionária pagava agentes políticos para conseguir autorizações para aumentar a tarifa e deixava de cumprir obras determinadas pelo contrato. Uma dessas obras é o Contorno Norte de Londrina, que já deveria estar pronto, mas sequer foi iniciado.

Foto: Reprodução de Internet – Grupos de Whatsapp

Determinação Judicial

Ainda segundo informações preliminares, a polícia estaria cumprindo a determinação judicial de manifestação pacífica. A Vara Cível de Ibiporã concedeu liminar à Econorte para garantir a ordem no protesto, e proibiu ações violentas ou a abertura das cancelas por parte dos manifestantes.

A justiça também determinou multa de R$ 1 mil por dia aos deputados Boca Aberta e Boca Aberta Júnior (PROS) que incentivaram os atos.

Com informações da Polícia Rodoviária Federal e 24horas