Belém: empresas de ônibus começa a implantar biometria facial no transporte

Belém: empresas de ônibus começa a implantar biometria facial no transporte

14 de outubro de 2019 Off Por revistadoonibus

BELÉM – A Prefeitura de Belém, informa que os ônibus da Região Metropolitana, passam a adotar nesta segunda-feira (14), o novo serviço de biometria facial. Ainda de acordo com o governo municipal, os usuários não precisarão realizar novo cadastro biométrico. A novidade busca evitar o uso indevido dos cartões de gratuidade e meia-passagem dos estudantes.

Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setransbel), em cada ônibus haverá uma câmera instalada acima do validador digital. O realizará o reconhecimento facial por meio de um software. Em caso de comprovação da irregularidade, o usuário passará por alguns procedimentos legais.

Na primeira vez que foi detectada alguma irregularidade, o usuário será encaminhado para o posto de atendimento do Passe Fácil, no Mercado de São Brás, para a assinatura de um termo digital. Caso o ato aconteça pela segunda vez, o usuário deverá pagar uma multa no valor de 36 reais para a retirada do novo documento e, além disso, o cartão será suspenso por 60 dias. Em um terceiro momento de uso indevido, haverá o cancelamento do cartão, que só poderá ser revisto depois do prazo de 180 dias pelo órgão gestor.

Segundo a Setransbel, a tecnologia utilizada não é exclusividade de Belém. O sistema já está presente em outras capitais do país como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba e Brasília.

Com informações da TV Liberal e Prefeitura de Belém