ônibus Blog da Redação Brasil Cidades Mercado São Paulo Turismo Viajando de Ônibus

Buser irá investir R$ 300 milhões nos próximos doze meses

SÃO PAULO – Os próximos doze meses, serão de transformação e expansão no serviço de transporte de passageiros com viagens em ônibus fretados. A Buser, conhecida Startup batizada de O App do ônibus, que vem oferecendo viagens com ônibus fretados mais confortáveis com preços promocionais, anuncia um grande investimento liderado pelo Latin America Fund, fundo de cinco bilhões de reais voltado para capital de risco na América Latina criado pelo conglomerado japonês SoftBank.

Anúncios

O novo aporte de investimento é liberado pela Latin America Fund, e segue com complemento dos fundos Monashees, Valor Capital Group e Canary e pelo Grupo Globo. O valor do investimento não foi revelado, mas se encaixa em um série B. Com os novos recursos, a Buser investirá 300 milhões de reais nos próximos 12 meses em sua expansão.

Aportes e expansão

A primeira viagem mediada pela Buser aconteceu em julho de 2017. No começo de 2018, a Buser conquistou seu primeiro investimento: um aporte semente dos fundos Canary, Yellow Ventures e Fundação Estudar Alumni Partners. No final do mesmo ano, obteve um aporte série A dos fundos Valor Capital, Monashees e Canary.

Anúncios

A Buser tem hoje 250 mil passageiros já transportados em 50 cidades de oito estados, com uma média de 2,3 mil viagens diárias. São 40 empresas de ônibus executivos parceiras, com uma frota total de 100 veículos.

Na comparação entre setembro deste ano com o mesmo mês do ano anterior, o crescimento foi de 15 vezes. Em 2020, a empresa espera crescer “mais de dez vezes” sobre 2019. Serão 30 mil viagens diárias, 100 empresas parceiras e 30 mil viagens diárias. 

Os recursos do aporte série B serão usados para financiar tal expansão, trazendo novos clientes e operadores. A Buser realiza investimentos pesados em marketing, como o patrocínio do time de futebol Flamengo. A Buser também desenvolverá tecnologias para o aplicativo, como check in por reconhecimento facial a integração com outros players de mobilidade urbana, como 99 e Uber. A ideia é que o passageiro já tenha um carro esperando por ele ao descer do ônibus executivo.

Anúncios

O investimento não será pouco para concretizar tais ambições: serão 300 milhões de reais nos próximos 12 meses. Mas a Buser terá o patrocínio de fundos abastados, como o do SoftBank, para tal.

Com informações do Buser e Exame

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.