ônibus Blog da Redação Cidades Paraná Pedágio Sul Trânsito Viajando de Ônibus

PR: Pedágio da Econorte ganha cancela extra em Jataizinho

LONDRINA – Para evitar a evasão de pedágio, a Concessionária Econorte que administra a BR-369 no Norte do Paraná, instalou cancelas extras na Praça de Pedágio localizada no município de Jataizinho, na Região Metropolitana de Londrina. A medida, visa a garantia do pagamento do pedágio.

O trecho é considerado o mais caro do Paraná, sendo a tarifa de R$ 23,70 para carros de passeio e R$ 11,90 para motos. Agora, antes de conseguir chegar à cabine, o motorista precisa parar e esperar a cancela abrir. A Econorte também contratou seguranças particulares para orientar os usuários. Eles ficam parados ao lado da cabine de cobrança, para garantir que o valor seja pago.

A cancela extra irritou motoristas, que agora reclamam de lentidão no trecho. Inicialmente o sistema foi instalado em duas das quatro cabines, mas conforme a Econorte, nos próximos dias serão instaladas as cancelas nas outras.

A concessionária também está entregando um informativo aos motoristas que passam pelo pedágio. De acordo com a empresa, a medida é uma obrigação contratual para garantir a ‘segurança de usuários e funcionários’.

Tarifa mais cara do Paraná

Apesar da justificativa, a BR-369 no trecho administrado pela Econorte não é duplicado, e tem pouco investimento em sinalização e conservação. A maior reclamação é que, com a tarifa mais cara do Paraná, a concessionária que figura como investigada na Operação Lava Jato, investe em itens supérfluos.

A Econorte se defende, dizendo que está investimento no conforto do usuário. E que as novas cancelas também são para evitar que os motoristas sejam multados em R$ 195,25 pela fuga do pedágio, o que é considerada uma infração grave, com 5 pontos na carteira.

Com informações da Econorte e Portal 24 Horas