ônibus Blog da Redação Cidades Rio Trânsito Viajando de Ônibus violência

Rio: Tiroteio em Costa Barros deixou 7 ônibus incendiados

RIO – O clima de guerra e terror que se instaurou em Costa Barros, na Zona Norte da Cidade do Rio de Janeiro, deixou ao menos sete ônibus urbanos incendiados, e milhares de moradores em clima de terror e medo.

Anúncios

Logo nas primeiras horas da noite desta quinta-feira (3), moradores do bairro de Costa Barros e adjacências, relatavam o clima de guerra que surgia na briga entre bandidos de duas facções, na tentativa de dominar o terreno e com isso, aumentar o tráfico de drogas na localidade.

Foto: Reprodução de Rede Social

Milhares de pessoas que utilizavam os ônibus, trens e metrô, precisaram se abrigar dos tiros, e em alguns momentos, mudar sua rota no trajeto de volta para casa. Do alto do morro era possível ver a fumaça dos ônibus que foram incendiados.

Anúncios

Sete ônibus incendiados

Sete ônibus foram incendiados em Costa Barros, nas proximidades do Complexo da Pedreira. Os ônibus são das linhas 688 (Pavuna-Méier), 920 (Pavuna-Bonsucesso) e 778 (Cascadura-Pavuna). Haveria também dois caminhões incendiados.

Foto: Reprodução de Rede Social

Foram queimados três ônibus da Transportes Flores (729L – Parque São Vicente x Méier/ 720L – Novo Rio x Madureira/ 734L – Vila Norma x Cascadura); dois da Gire Transportes (920 – Pavuna x Bonsucesso); um da Viação Pavunense (688 – Pavuna x Méier) e um da Viação Vila Real (778 – Cascadura x Pavuna).

Anúncios

O Sindicato das Empresas de Ônibus (Rio Ônibus) divulgou uma nota sobre os veículos queimados:

“O Rio Ônibus repudia com veemência os atos de vandalismo ocorridos contra quatro ônibus, sendo dois da linha 920 (Pavuna – Bonsucesso) e os demais das linhas 688 (Pavuna – Méier) e 778 (Cascadura – Pavuna), na noite de quinta feira, em Costa Barros.

Os coletivos incendiados por criminosos foram destruídos pelas chamas e não voltarão a operar, impactando o serviço prestado à população. Vale ressaltar que não há seguro indenizatório para esse tipo de ocorrência.

A falta de segurança pública é especialmente cruel com o transporte público por ônibus. A frota vem sendo atacada constantemente em diferentes bairros da cidade, prejudicando a saúde financeira do sistema e principalmente a  prestação adequada do serviço à população, além de pôr em risco a vida de rodoviários e passageiros” .

Estação de metrô fechada

A concessionária Metrô Rio afirmou pelas redes sociais que a estação Engenheiro Rubens Paiva, na Pavuna, está fechada como medida de segurança. Às 20h33, o acesso A da estação foi reaberto, mas o acesso B continua fechado.

A concessionária Metrô Rio afirmou pelas redes sociais que a estação Engenheiro Rubens Paiva, na Pavuna, está fechada como medida de segurança.

O Centro de Operações indica que os motoristas evitem a Av Pastor Martin Luther King Júnior e a Estrada de Botafogo, porque há interdições nas vias por causa dos ônibus incendiados e da operação policial.

Moradores de Costa Barros e região se manifestam nas redes sociais