ônibus Blog da Redação Cidades Fiscalização Justiça São Paulo Terminais Trânsito Turismo Viajando de Ônibus

Prefeitura de São Paulo diz que serviço Ubus da Metra é clandestino

SÃO PAULO – O mais novo serviço de ônibus por aplicativo que foi inaugurado há alguns dias, segue interditado pela Prefeitura de São Paulo. Os novos ônibus da Viação Metra do modelo Paradiso G7 1050 equipados com chassi Mercedes-Benz 0-500RS, seguem sem circular na linha 376E, ligando a cidade de São Bernardo do Campo, no ABC, até o zona Sul de São Paulo.

Anúncios

Uma fiscalização da Prefeitura de São Paulo, através da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte, tirou das ruas o serviço Ubus, que foi lançado pela Metra.

O serviço Ubus foi lançado durante o Congresso ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos) de Mobilidade Urbana, na Arena ANTP 2019, realizado em São Paulo. Os coletivos começaram operar sob demanda, com assentos previamente reservados via o aplicativo UBus, no dia 25 de julho. O app está disponível para download no Google Play Store (Android) e App Store (iOS).

A proibição de acordo com a Prefeitura de São Paulo, é devido o serviço da Viação Metra ser considerado clandestino.

Em nota, a Viação A Metra se defendeu da acusação informando que obteve autorização da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU) para operar.

A Metra esclarece que por decisão da Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana do Município de São Paulo, os serviços da MetraClass estão suspensos temporariamente. A empresa destaca que a linha 376 tem todas as autorizações para circular entre São Bernardo do Campo e São Paulo, além disso todos os veículos são novos e estão em perfeitas condições para operar. É importante ressaltar que os ônibus estão em operação há uma semana e apenas nesta segunda-feira um veículo foi apreendido e proibido de rodar. O mesmo aconteceu na tarde desta terça-feira. Esperamos uma explicação e posicionamento da Secretaria de Transportes, para assim dar continuidade ao trabalho pioneiro, empreendedor e confortável para os cidadãos de São Bernardo do Campo e São Paulo”, informou a Metra, em nota.

Anúncios

Em nota divulgada, a Secretaria Municipal de Mobilidade da Prefeitura de São Paulo chegou declarar que “o serviço UBus não está credenciado e, portanto, é clandestino. O credenciamento visa garantir a segurança dos munícipes e prevenir a ocorrência de acidentes”.

Passageiros já começam se indignar com a proibição nas redes sociais.

Anúncios

Sobre o Serviço Ubus da Metra

A Metra vinha disponibilizando seus recentes ônibus modelo Paradiso New G7 11050 equipados com chassi Mercedes-Benz 0-500R, equipados com 46 poltronas, ar condicionado e serviço de entretenimento a bordo, assim como acesso Wi-fi e tomadas USB.

Anúncios

O preço da viagem, não é barato. O conforto e a praticidade do serviço, tem seu preço. A tarifa nos carros vermelhos da Metra é R$ 14,50, independentemente se vai embarcar em São Bernardo e desembarcar 4 pontos adiante, por exemplo, ou para que vai seguir até a Zona Sul de São Paulo. O passageiros poderá realizar o pagamento com dinheiro, Cartão Bom ou cartão de crédito.

No final do mês de julho, mostramos os primeiros ônibus rodoviários adquiridos pela Metra, como podemos ver aqui. Na época, grupos de mensagens especializados em transporte de passageiros, já cogitava sobre a aplicação dos novos ônibus rodoviários em um serviço semelhante ao já ofertado pelos aplicativos Uber, 99 Táxil e Cabify.