ônibus Blog da Redação Cidades Fiscalização Rio Tarifa Terminais Trânsito Viajando de Ônibus

Tarifa do BRT para a volta do Rock in Rio é alvo de reclamações

RIO – O Festival do Rock in Rio nem começou, e os problemas no transporte já surgem na Cidade do Rio de janeiro. Recentemente, a Prefeitura do Rio, vem solicitando que o público do Rock in Rio opte pelo transporte público como o Metrô e o uso do BRT Rio, mais o valor da tarifa do transporte pelo BRT Rio estão mais caras que o normal cobrada no dia-a-dia da cidade.

Anúncios

Quem optar em usar o serviço do BRT Rio durante os dias do Festival, que será realizado entre nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro, no Parque Olímpico da Barra, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, vai desembolsar R$ 15,80 por dia, para ida e volta, sendo R$ 4,05 para ir e R$ 11,75 para voltar do evento. O valor da tarifa de volta é quase três vezes maior do que o normal e isso vem chamando atenção dos moradores da cidade, como podemos ver abaixo:

Nas redes sociais, os moradores, turistas e clientes do sistema BRT Rio, seguem reclamando do valor da tarifa e da falta de informações sobre a mudança no valor da tarifa.

Foto: Divulgação – BRT Rio

Atualmente, o sistema BRT Rio vem se manifestando apenas sobre o valor da tarifa, apenas respondendo as perguntas dos clientes em seus perfis na principais redes sociais. A Concessionária aconselha os clientes, através de suas redes sociais, que tirem suas dúvidas através do telefone 1476, a Central de Atendimento da Prefeitura do Rio.

Ainda nas redes sociais, o Consórcio BRT Rio informa que está acatando uma determinação da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR).

Conheça os serviços especiais:

(Ida e volta, das 12h às 5h)

SE 003 (Jardim Oceânico x Rock in Rio/Direto)

SE 005 (Alvorada x Rock in Rio/Direto)

(Somente volta, das 0h às 5h)

SE 004 (Rock in Rio x Madureira, Expresso), entre meia-noite e 5h e sairá da estação Morro do Outeiro.  A linha para nas estações Curicica, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho e Terminal Paulo da Portela (Madureira).

A Secretaria Municipal de Transportes e a direção do BRT Rio ainda não se manifestou sobre o assunto.