ônibus Blog da Redação Cidades Estradas São Paulo Trânsito Viajando de Ônibus

SP: Fumaça fecha rodovia na Região de Ribeirão Preto

RIBEIRÃO PRETO – A região de Ribeirão Preto, vem sofrendo com as queimadas que está destruindo diversos canaviais e áreas de mata. Desde a noite desta quarta-feira (18), o fogo destruiu plantações, interrompeu o fornecimento de energias elétrica e de água além de matar animais.

Anúncios

Nesta quinta-feira (19), a fumaça das queimadas encobriu Ribeirão Preto, graças ao vento forte. Ontem, a Defesa Civil chegou emitir um alerta para a baixa umidade do ar, que chegou a 15%, como informou o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o índice chegou a 15%.

Na Rodovia Carlos Tonani, entre Sertãozinho (SP) e Barrinha (SP), o trânsito ficou parado por conta de uma queimada na área de duas usinas de açúcar e etanol. O incêndio chegou ao Centro de Pesquisa de Bovinos de Corte do Instituto de Zootecnia.

Foto: Reprodução – EPTV

No ano passado, 160 hectares da mesma reserva ambiental foram destruídos por outro incêndio. O centro é considerado um dos mais importantes de melhoramento genético e o maior fornecedor de genética de nelore no Brasil.

Nesta quarta-feira, a fumaça obrigou a interdição da rodovia. Segundo a EPTV, afiliada da TV Globo, o tráfego no sentido Barrinha – Sertãozinho ficou congestionado e chegou a seis quilômetros. Na via contrária, a fila de carros alcançava três quilômetros de extensão.

Anúncios

Passageiros de um ônibus intermunicipal desembarcaram e ficaram na margem da pista. Uma mulher passou mal foi socorrida no local. “Sorte que tinha uma enfermeira, porque a gente não sabe o que poderia acontecer”, disse a faxineira Claudinéia Barroso.

O Corpo de Bombeiros controlou as chamas com apoio de caminhões-pipa de usinas. A pista foi liberada nos dois sentidos por volta de 18h30 desta quarta-feira (18). Mas, durante a noite, o fogo ainda destruía parte da vegetação e algumas árvores ficaram em chamas.

Anúncios

Em Guaíra (SP), um incêndio atingiu uma área de mata com 312 mil metros quadrados próximo à região conhecida como Trevo das Antas. Funcionários de usinas de açúcar e etanol usaram caminhões-pipa para controlar o fogo. Ninguém se feriu.

Já em Taquaritinga (SP), outro incêndio de origem desconhecida atingiu a Serra do Jaboticabal. Na manhã desta quinta-feira (19), duas viaturas do Corpo de Bombeiros ainda trabalhavam no combate ao fogo.

Anúncios

Com informações da EPTV e Corpo de Bombeiros